Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94454
Title: Estratégias locais de adaptação à Covid-19 na CIM Coimbra
Other Titles: Local strategies for adaptation to Covid-19 at CIM Coimbra
Authors: Ferreira, Rita Maria Castro Guedes
Orientador: Frade, Catarina Cláudia Ferreira
Martins, Maria Rita Vieira
Keywords: Covid-19; Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra; Resiliência económica regional; Territórios de baixa densidade; Vulnerabilidade; Covid-19; Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra; Regional economic resilience; Low-density territories; Vulnerability
Issue Date: 19-Mar-2021
Serial title, monograph or event: Estratégias locais de adaptação à Covid-19 na CIM Coimbra
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: De modo a mitigar os contágio e os efeitos económicos e sociais causados pela pandemia Covid-19, várias instituições públicas e privadas implementaram medidas com o intuito de proteger a comunidade e a economia envolvente. Este relatório apresenta um mapeamento de medidas implementadas pelos órgãos autárquicos, pelo tecido empresarial e pela sociedade civil na CIM-RC, bem como uma análise territorial e à resiliência económica da região ao longo da primeira vaga pandémica que ocorreu de março a agosto de 2020. Após a recolha de informação através de pesquisas, questionários, entrevistas e reuniões junto da CIM, das autarquias e dos GAL e a organização de informação por categorias e subcategorias, foram elaborados quatro mapas que refletem o dinamismo e a resiliência da região. Para complementar esta análise foi efetuado o levantamento de dados estatísticos e calculados quocientes de localização para as todas as atividades económicas.O território da CIM-RC demonstra uma dicotomia interior/litoral, onde as regiões do interior, denominadas territórios de baixa densidade, são caracterizadas por uma baixa densidade populacional, envelhecimento demográfico, dependência do setor primário e fraco dinamismo empresarial. Estas características revelam vulnerabilidades territoriais e uma especial preocupação perante a atual crise de saúde pública, económica e social, pois são fatores que reduzem a resiliência económica regional. Em relação às iniciativas implementadas pelas autarquias, classificadas como as de reação à pandemia, de promoção económica e de promoção social, é evidenciada uma tendência para a sua adoção por parte dos territórios de baixa densidade. O envelhecimento populacional e a dependência às atividades de apoio social com e sem alojamento revelam-se justificativas das principais medidas de proteção da população: a entrega de EPI e a realização de rastreio à Covid-19. Já a implementação de medidas de promoção económica e social reflete-se na sua maioria homogénea, uma vez que a CIM-RC depende economicamente do comércio a retalho e do setor primário. Em relação às iniciativas do tecido empresarial – principalmente baseadas na solidariedade social e na reconversão dos processos produtivos –, os resultados evidenciam que os concelhos com uma relevante dependência das atividades de investigação e desenvolvimento e dos setores cujos processos de produção são semelhantes à produção de EPI e desinfetantes (como o têxtil, produtos farmacêuticos, das bebidas e de matérias plásticas) são os territórios mais resistentes e, por isso, economicamente mais resilientes.
In order to mitigate the contagion and economic and social effects caused by the Covid-19 pandemic, several public and private institutions have implemented measures to protect the community and the surrounding economy. This report presents a mapping of measures implemented by local authorities, the business fabric, and civil society in CIM-RC, as well as a territorial analysis and economic resilience of the region over the first earthquake wave that occurred from March to August 2020. After collecting information through surveys, questionnaires, interviews, and meetings to the CIM, the municipalities, and the LAGs, and the organization of information by categories and subcategories, four maps were prepared that reflect the dynamism and resilience of the region. To complement this analysis, statistical data were collected, and localization quotients were collected for all economic activities. The territory of CIM-RC demonstrates an interior/coastal dichotomy, where the regions of the interior, called low-density territories, are characterized by a low population density, demographic aging, dependence on the primary sector, and weak business dynamism. These characteristics reveal territorial vulnerabilities and a particular concern in the current public, economic, and social health crisis, as they are factors that reduce regional economic resilience. In relation to the initiatives implemented by the municipalities, classified as those of reaction to the pandemic, economic promotion, and social promotion, a tendency towards their adoption by low-density territories is evidenced. Population aging and dependence on social support activities with and without housing are the justifications of the main measures to protect the population: the delivery of PPE and the screening to Covid-19. The implementation of measures for economic and social promotion is mostly homogeneous since CIM-RC depends economically on retail trade and the primary sector. In relation to the initiatives of the business fabric – mainly based on social solidarity and the reconversion of production processes – the results show that municipalities with a significant dependence on research and development activities and sectors whose production processes are similar to the production of PPE and disinfectants (such as textiles, pharmaceuticals, beverages, and plastics) are the most resilient and therefore economically more resilient territories.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado em Economia apresentado à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/94454
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
[Rita Ferreira] Versão Final do Relatório de Estágio .pdf3.35 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

62
checked on Nov 24, 2021

Download(s)

45
checked on Nov 24, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons