Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/88110
Title: O papel dos fatores ambientais na dieta e nos parâmetros reprodutores de Chilreta (Sternula albifrons).
Other Titles: The role of environmental factors in the diet and reproductive parameters of Little Terns (Sternula albifrons).
Authors: Oliveira, Ana Filipa Ribeiro de
Orientador: Ramos, Jaime Albino
Paiva, Vítor Hugo Rodrigues
Keywords: Parâmetros reprodutores; Otólitos; Escamas; índice de Oscilação do Atlântico Norte (NAO); Sternula albifrons; Breeding parameters; Otoliths; Scales; North Atlantic Oscillation index (NAO); Sternula albifrons
Issue Date: 15-Jul-2019
Serial title, monograph or event: O papel dos fatores ambientais na dieta e nos parâmetros reprodutores de Chilreta (Sternula albifrons).
Place of publication or event: MARE-UC, Departamento Ciências da Vida, Universidade de Coimbra
Abstract: A maioria das espécies de aves marinhas são predadores topo podendo também ser utilizadas como sentinelas de alterações que ocorrem no ambiente marinho. A Chilreta (Sternula albifrons) sendo uma ave marinha estuarina de pequenas dimensões que necessita de procurar alimento próximo das suas colónias é particularmente sensível a modificações que ocorram próximo da sua área de reprodução. Assim, possíveis alterações que ocorram na disponibilidade das principais presas poderá afetar o sucesso reprodutor e parâmetros reprodutores desta espécie. Neste estudo, utilizamos uma série longa de dados para descrever variações anuais na dieta e avaliar a influência nos parâmetros reprodutores da Chilreta. Juntamos dados publicados sobre a dieta da Chilreta na Ria Formosa, Algarve, Portugal, de 2002 a 2015, com os nossos dados recolhidos entre 2016 e 2019. A dieta foi avaliada através da identificação de otólitos e escamas, encontrados nas egragrópilas desta espécie. Foram também medidos os otólitos inteiros de Atherina spp., a principal presa da Chilreta na Ria Formosa, e calculado a sua massa e tamanho, tornando possível avaliar possíveis alterações na qualidade desta presa. Por fim, avaliamos a influência do Índice de Oscilação do Atlântico Norte (NAO) na dieta da Chilreta, nos parâmetros reprodutores (como por exemplo, número de ovos por ninhada e volume dos ovos) e no tamanho da população reprodutora.Tanto através da análise de otólitos como de escamas foi possível verificar que a dieta da Chilreta é dominada pela presença de Atherina spp. (com a exceção de um ano), refletindo o caráter oportunista desta espécie, visto tratar-se da espécie de peixe mais abundante no Parque Natural da Ria Formosa. A segunda presa mais abundante na dieta da Chilreta foram os Pomatoschistus spp., no entanto, contrariamente à Atherina spp., estes apenas foram identificados através da análise dos seus otólitos. Por outro lado, a sardinha Sardina pilchardus apenas foi identificada através das suas escamas, tornando fundamental a identificação em conjunto de otólitos e escamas para que nenhuma presa fosse subestimada.Este estudo mostra também que o índice NAO influencia os parâmetros reprodutores e a dieta da Chilreta: anos com valor do índice NAO mais elevados estiveram associados a anos em que a massa de Atherina spp., foi menor, o que se correlacionou com um menor volume dos ovos. Assim, é possível concluir que a alteração dos diversos fatores ambientais vai afetar os parâmetros reprodutores e a dieta de S. albifrons, podendo assim esta espécie ser utilizado como indicador de alterações nos habitats marinhos estuarinos.
Most seabird species are top predators, and can also be used as sentinels of changes in marine environments. Little Terns (Sternula albifrons) are estuarine small seabirds which need to feed regularly and close to their colonies, so are particularly sensitive to alterations that occur close to their breeding sites. Thus, possible changes occurring in the availability of the main prey may affect the breeding success and reproductive parameters of this species. In this study we used a long-term data set to describe annual variations in the diet and evaluate its influence on reproductive parameters of Little Terns. We assembled published data on Little Tern diet in Ria Formosa, Algarve, Portugal, from 2002 to 2015 together with our data for 2016-2019. Diet was derived from the identification of otoliths and scales found in pellets. We also measured the unbroken otoliths of Atherina spp., the main prey of Little Tern in Ria Formosa, and calculate their mass and size, in order to evaluate possible changes in prey quality. Finally, we tested the influence of the North Atlantic Oscillation index (NAO; i.e. a climatic index) on Little Terns’ diet, breeding parameters (e.g. clutch size and egg size) and breeding population size.Using both otoliths and scales we found that Little Terns’ diet was dominated by Atherina spp. (with the exception of one year), reflecting the opportunistic feeding behaviour of the species, since this is the most common fish species in the Natural Park of Ria Formosa. The second most important prey in Little Terns’ diet was Pomatoschistus spp., however, unlike Atherina spp., these were only identified based in otoliths. On the other hand, sardines Sardina pilchardus were only identified using scales, suggesting that this prey is underestimated when only otoliths are analysed.This study also shows that the NAO index influenced the diet and the breeding parameters of Little Terns: years with higher NAO index values were related with a small size of the main prey of Little Terns (Atherina spp.), and were related with a lower egg volume. Thus, it is possible to conclude that changes in several environmental factors will affect the breeding parameters and diet of S. albifrons, which can therefore be used as indicators of changes in estuarine marine environments.
Description: Dissertação de Mestrado em Ecologia apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/88110
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
O papel dos fatores ambientais na dieta e nos parâmetros reprodutores de Chilreta_Ana Oliveira.pdf1.21 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

108
checked on Dec 23, 2021

Download(s)

41
checked on Dec 23, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons