Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/87457
Title: Rehabilitation of Kennedy class I patients with removable parcial dentures: retrospective clinical study and biomechanical analysis of implant-assisted options
Authors: Messias, Ana Lúcia de Pereira Neves
Orientador: Neto, Maria Augusta
Nicolau, Pedro
Keywords: Removable Partial Denture; Implant-assisted removable partial denture; Kennedy class I; Finite element analysis; Digital image correlation
Issue Date: 18-Jan-2019
Abstract: Removable partial dentures (RPDs) have been considered an acceptable cost-effective solution to restore oral function in partially edentulous patients. However, in mandibular Kennedy class I patients, the RPDs present unfavourable prognosis due to the combined tooth-mucous support with no posterior elements of retention and continuous resorption of the residual ridge. This process is inevitable but highly variable from one individual to the other and modified by both uncontrollable factors and functional or prosthetic factors that determine load distribution and might be subject of modification by the professional. The present retrospective cohort study focusing on the vertical bone loss taking place underneath the extension base of Kennedy class I patients rehabilitated for variable periods of follow-up determined that annual ridge resorption has an inverse relationship with the duration of denture usage, with high initial resorption that gradually decreases. Good support of the denture on the buccal shelves is the most important factor on the prevention of ridge resorption. When considered in conjunction with other factors, gender and age, as well as prosthesis-related factors, seem to be irrelevant in the modulation of ridge resorption. The installation of two implants to support and retain the prosthesis has been suggested as an option to improve the prognosis of removable rehabilitations in Kennedy class I patients. Using the finite element method, the present study performed a biomechanical analysis of two implant-assisted options (IARPD) with the implants in distinct positions, and established comparison with a conventional RPD. The installation of a dental implant in each of the bilateral edentulous regions significantly reduces the vertical and anterior-posterior displacements. IARPDs with the implant placed adjacent to the abutment teeth retain a pattern of displacements comparable to conventional RPDs. The high hydrostatic pressure in the mucosa underlying the extension bases of conventional RPDs suggests a pressure-induced mechanism of ridge resorption. Addition of implants to the denture bearing areas, regardless of the position, significantly reduces the pressure. These results, validated by experimental loading of 3D replicas of the numerical models, indicate that the use of dental implants to serve as anchorage of mandibular Kennedy class I RPDs is a biomechanically viable solution that is expected to reduce residual ridge resorption.
Próteses parciais removíveis (PPR) têm sido consideradas uma solução de reabilitação oral de pacientes desdentados parciais com relação custo-benefício aceitável. Contudo, em pacientes classe I de Kennedy, as PPR têm prognóstico desfavorável devido ao suporte combinado dente-mucosa, à ausência de elementos retentivos posteriores e à contínua reabsorção da crista residual. Este processo é inevitável, variável de indivíduo para indivíduo, modificado por fatores não controláveis e por fatores funcionais e protéticos que podem ser alvo de modificação pelo profissional. O presente estudo retrospetivo com foco na perda de osso vertical que ocorre sob as bases acrílicas de PPRs de extensão livre em função por períodos variáveis de controlo determinou que a reabsorção anual da crista residual apresenta uma relação inversa com o tempo de uso da prótese, com elevada reabsorção inicial que gradualmente diminui. Suporte adequado da prótese nas áreas de Fish é o fator mais importante na prevenção da reabsorção da crista residual. Género, idade e fatores relacionados com a prótese, quando considerados no contexto de outros fatores, parecem ser irrelevantes na modulação da reabsorção. O uso de dois implantes para promover suporte e retenção da prótese tem sido sugerido como uma opção para melhorar o prognóstico de reabilitações removíveis em pacientes classe I de Kennedy. O presente estudo elaborou, com recurso ao método dos elementos finitos, uma análise biomecânica de duas opções assistidas por implantes (PPRAI), com os implantes em duas posições distintas, e estabeleceu comparação com uma PPR convencional. A instalação de um implante em cada uma das regiões desdentadas reduz significativamente os deslocamentos verticais e antero-posteriores. PPRAIs com o implante adjacente ao dente pilar retêm um padrão de deslocamentos semelhante às PPRs convencionais. A elevada pressão hidrostática da mucosa sob as bases acrílicas de PPRs convencionais sugere a existência de um mecanismo de reabsorção mediado por pressão. A colocação de implantes nas áreas de suporte da prótese reduz a pressão da mucosa, independentemente da posição. Estes resultados, validados experimentalmente em réplicas 3D dos modelos numéricos, indicam que o uso de implantes como ancoragem de PPRs mandibulares classe I de Kennedy é uma solução biomecanicamente viável que poderá reduzir a reabsorção da crista residual.
Description: Tese de Doutoramento em Ciências da Saúde, no ramo de Medicina Dentária, apresentada ao Departamento de Medicina Dentária da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/87457
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FMUC Med. Dentária - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Rehabilitation of Kennedy class I patients with removable parcial dentures.pdf85.91 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

110
checked on Jun 3, 2020

Download(s)

39
checked on Jun 3, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.