Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/86634
Title: Perceção dos profissionais de saúde face à necessidade de terem oportunidades de prática desportiva e de exercício físico antes, durante ou após as suas tarefas profissionais
Other Titles: Perception of health professionals to the need to have opportunities for sports practice and physical exercise before, during or after their professional tasks
Authors: Vieira, Ana Luísa Bartolomeu Pio 
Orientador: Sarmento, Hugo Miguel Borges
Ferreira, José Pedro Leitão
Keywords: Exercício Físico; Profissionais de Saúde; Motivação; Autoestima; Bem-Estar; Physical Exercise; Health professionals; Motivation; Self Esteem; Welfare
Issue Date: 19-Oct-2018
Serial title, monograph or event: Perceção dos profissionais de saúde face à necessidade de terem oportunidades de prática desportiva e de exercício físico antes, durante ou após as suas tarefas profissionais
Place of publication or event: Administração Regional de Saúde do Centro, IP
Abstract: O presente estudo teve por objetivo investigar a perceção dos profissionais que trabalham na ARS Centro face à necessidade de usufruírem de oportunidades de prática desportiva regular e de exercício físico (ExF), antes, durante ou após as suas tarefas profissionais. Um segundo objetivo do presente estudo prendeu-se com a identificação de eventuais barreiras e características psicológicas que possam influenciar a participação em programas de ExF. Foram também testadas as variáveis dependentes em função do sexo e estados de mudança, assim como, avaliados e comparados os scores de IMC e VO2max com os valores normativos. Esta questão surge na sequência da crescente preocupação com a saúde primária destes profissionais, face ao aumento progressivo dos níveis de stresse e às crescentes exigências laborais geradoras de um elevado desgaste físico e psicológico muito frequente na profissão.Foi analisada uma amostra de 1195 profissionais afetos à ARS Centro, IP com base num questionário de autopreenchimento que incluiu um conjunto de instrumentos de avaliação validados para a população portuguesa. Os resultados obtidos revelam que: i) a maioria dos profissionais (56,2%) deste estudo não pratica exercício e encontram-se em estágios relacionados com a inatividade física; 90,8% consideraram importante a prática de ExF no local de trabalho (durante - 52%; após - 40,6%); a disponibilidade de tempo foi sinalizada como a maior barreira (66,6%) para a prática desportiva e de ExF e o sexo masculino apresentou maiores níveis de regulação motivacional para o ExF quando comparados com o sexo feminino.
The objective of this study was to investigate the perception of professionals working at Regional Health Administration of the Center Center in face of the need to enjoy regular sports and physical exercise (ExF) opportunities, before, during or after their professional tasks. A second objective of the present study was to identify possible barriers and psychological characteristics that may influence the participation in ExF programs. Where also tested dependent variables in function of sex and stages of change, as well evaluated and compared scores of BMI (Body Mass Index) and VO2max with the normative value. This issue arises as a result of the growing concern about the primary health of these professionals, due to the progressive increase in stress levels and to the increasing labor demands that generate a high physical and psychological exhaustion in the profession.A sample of 1195 professionals assigned to Regional Health Administration of the Center Center, IP was analyzed based on a self-completion questionnaire that included a set of evaluation instruments validated for the Portuguese population. The results show that: i) the majority of professionals (56.2%) in this study do not exercise and are in stages related to physical inactivity; 90.8% considered the practice of ExF in the workplace important (during - 52%, after - 40.6%); the availability of time was signaled as the biggest barrier (66.6%) for sports practice and ExF and the male presented higher levels of motivational regulation for the ExF when compared with the female.
Description: Dissertação de Mestrado em Exercício e Saúde em Populações Especiais apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/86634
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_ Ana Vieira _2016143597_MESPE_UC.pdf1.77 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

338
checked on Oct 20, 2021

Download(s) 50

343
checked on Oct 20, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons