Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/86213
Title: Entre gestos e ocupações. Análise da relação entre gestos técnicos e alterações nas enteses e articulações numa amostra de indivíduos do sexo masculino pertencentes à Coleção Luís Lopes, Lisboa
Other Titles: Between gestures and occupations. Analysis of the relationship between technical gestures and entheseal and joint changes in a sample of male individuals from the Luís Lopes Collection, Lisbon
Authors: Meco, Carolina Filipa Correia Silva
Orientador: Umbelino, Cláudia Isabel Soares
Cardoso, Francisca Alves
Keywords: Alteração das enteses; Alteração das articulações; Ocupação; Gestos técnicos; Entrevistas; Entheseal changes; Joint changes; Occupation; Technical gestures; Interviews
Issue Date: 20-Jul-2018
Serial title, monograph or event: Entre gestos e ocupações. Análise da relação entre gestos técnicos e alterações nas enteses e articulações numa amostra de indivíduos do sexo masculino pertencentes à Coleção Luís Lopes, Lisboa
Place of publication or event: Departamento de Ciências da Vida
Abstract: A reconstrução das atividades no passado através da análise das alterações das enteses (AE) e das articulações (AA), tem sido um dos objetivos principais dos investigadores interessados no estudo dos modos de vida das populações do passado. Este trabalho tem como principais objetivos perceber se as AE e AA estão relacionadas com os gestos técnicos desempenhados pelos indivíduos na execução de tarefas ocupacionais e mostrar que a informação que acompanha os indivíduos pertencentes às coleções de csqueletos identificados é muito superficial. Para tal, recorreu-se à análise das AE e AA numa amostra de 70 indivíduos do sexo masculino (entre os 18 e 88 anos) pertencentes à coleção de esqueletos identificados de Lisboa e a entrevistas a 15 indivíduos (entre os 63 e 95 anos). Para a análise das AE e AA foram utilizados o novo método de Coimbra (Henderson et al., 2016, 2017a) e o método de Buikstra & Ubelaker (1994) adaptado por Alves Cardoso (2008), respetivamente. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas (Burgess, 1997). Os resultados obtidos sugerem que as AE e AA não estão relacionadas com a ocupação (exceto para o pulso direito), o que está de acordo com outros trabalhos. Não foi encontrada assimetria bilateral estatisticamente significativa para as enteses e articulações analisadas na amostra esquelética, mas entre os informantes é evidente a existência de um membro dominante. A informação recolhida através das entrevistas parece estar de acordo com os achados da análise da amostra esquelética em alguns casos mas não noutros. O tamanho das amostras pode ter sido um fator de enviesamento dos resultados. As diferenças encontradas nas análises das duas amostras sugerem que são necessários mais trabalhos que estudem tanto material esquelético como indivíduos vivos. Um maior investimento na recolha de informação acerca das atividades dos indivíduos pertencentes a coleções de esqueletos identificados é também necessário.
The reconstruction of past activities through the analysis of entheseal and joint changes has been one of the main goals of researchers interested in the life ways of past populations. The main goals of this work are to understand if entheseal and joint changes are related with technical gestures made by the individuals on the execution of occupational tasks and show that the information accompanying individuals that belong to the identified skeletal collections is very superficial. For that purpose, entheseal and joint changes were analysed in a sample of 70 males (between 18 and 88 years of age) from the identified skeletal collection in Lisbon and interviews of 15 individuals (between 63 and 95 years of age) were performed. Entheseal and joint changes were analysed using the new Coimbra method (Henderson et al., 2016, 2017a) and the Buikstra & Ubelaker (1994) method adapted by Alves Cardoso (2008), respectively. Semi structured interviews were made (Burgess, 1997). The results suggest that entheseal and joint changes are not related with occupation (except for the right wrist), which is consistent with other studies. Bilateral asymmetry was not statistically significant for entheses or joints in the skeletal sample but among interviewees a dominant side is evident. The information collected through the interviews seems to agree with the findings of the analysis of skeletal sample in some cases but not in others. The sample sizes might have been a biasing factor for the results.The differences found in the analysis of both samples suggest that more studies with both skeletal material and living individuals are necessary. A bigger investment in the collection of information about individuals’ activities belonging to identified skeletal collections is also necessary.
Description: Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/86213
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_MEBH_CM.pdf3.7 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

445
checked on Nov 28, 2022

Download(s) 50

415
checked on Nov 28, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons