Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/85955
Title: A influência gestacional no desenvolvimento de otite seromucosa
Authors: Antunes, Pedro Miguel Figueiredo 
Orientador: Fonseca, Fernando
Keywords: Otite média com efusão; tubos de timpanostomia; Otite média com fatores de risco de efusão
Issue Date: Mar-2012
Abstract: Introdução: A otite seromucosa é uma patologia muito frequente na infância e com possíveis repercussões no desenvolvimento de aquisições e competências pelas crianças afectadas. A realização de miringotomia com ou sem colocação de tubos transtimpânicos e a adenoidectomia são técnicas cirúrgicas passíveis de utilização terapêutica nestes doentes. A influência de variáveis gestacionais como factores predisponentes ao desenvolvimento de otite seromucosa tem sido alvo de diversos estudos com resultados divergentes reportados na literatura. Objectivo: Estudar a possível influência da prematuridade ou do baixo peso de nascimento na precocidade da abordagem cirúrgica da otite seromucosa. Metodologia: Estudo retrospectivo de uma coorte de 263 crianças entre os 3 e 7 anos submetidas a cirurgia (miringotomia com ou sem inserção de tubos transtimpânicos e/ou adenoidectomia) por otite seromucosa na Clínica Universitária de Otorrinolaringologia dos Hospitais da Universidade de Coimbra entre 2005 e 2009. Os outcomes apurados para cada criança foram: o tempo de gestação (em semanas), o peso de nascimento (em gramas) e a idade à data da cirurgia (em anos). A análise estatística dos dados foi realizada com recurso aos programas OpenStat e R. Foi aplicado a cada caso o teste U de Mann-Whitney, sendo considerado estatisticamente significativo um p < 0,05. Resultados: Foram validados os resultados de 189 crianças. Um baixo peso de nascimento foi associado a uma maior precocidade de intervenção cirúrgica. Porém, não se detectou associação significativa entre a primeira variável e a realização da cirurgia em idade igual ou inferior a 4 anos. O tempo gestacional e o percentil de peso para a idade gestacional não foram factores de prognóstico para uma cirurgia precoce. Conclusão: O baixo peso de nascimento parece ser um condicionante para uma abordagem cirúrgica precoce em crianças intervencionadas por otite seromucosa
Introduction: Otitis media with effusion is very common in childhood and may have consequences on development of acquisitions and competencies in the affected children. Myringotomy with or without tympanostomy tubes insertion and adenoidectomy are possible therapeutic surgical techniques. The influence of gestational conditions as predisposing factors for the development of otitis media with effusion has been subject of several studies with different results. Objective: Study the possible influence of prematurity or low birth weight in an earlier otitis media with effusion surgical approach. Methods: Retrospective cohort study on 263 children aged 3 to 7 years that had undergone surgery (myringotomy with or without tympanostomy tubes insertion and/or adenoidectomy) for otitis media with effusion in Otorhinolaryngology University Clinic of Coimbra University Hospital, between 2005 and 2009. Outcomes measured were the birth age (in weeks), the birth weight (in grams) and the age at surgery (in years). Statistical analysis was performed using programs OpenStat and R. The Mann-Whitney U Test was applied with a statistically significant p < 0,05. Results: In this study, 189 cases were validated. Low birth weight was associated with an earlier surgical approach. However, no relation was found between the first variable and a surgical intervention at an age of 4 years or lower. Birth age and weight for birth age percentile were not prognostic factors for an earlier surgery. Conclusion: Low birth weight appears to lead to an earlier surgical intervention in children with otitis media with effusion.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Otorrinolaringologia, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/85955
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
6º ano MIM - Trabalho Final - Capa - Pedro Antunes.pdf72.47 kBAdobe PDFView/Open
PÁGINA DE TÍTULO - Pedro Antunes.pdf46.66 kBAdobe PDFView/Open
TRABALHO FINAL Pedro Antunes.pdf403.51 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

45
checked on Jun 18, 2019

Download(s)

11
checked on Jun 18, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.