Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/83114
Title: Implementação e Validação de Métodos Analíticos em Espectrometria de Absorção Atómica
Other Titles: Implementation and Validation of Analytical Methods in Atomic Absorption Spectrometry
Authors: Moreira, Sara Cristina Tavares 
Orientador: Costa, Alain Lopes da
Ribeiro, Ana Cristina Faria
Keywords: água; validação; metais; espectrometria de absorção atómica; water; validation; metals; atomic absorption spectrometry
Issue Date: 13-Jul-2017
Serial title, monograph or event: Implementação e Validação de Métodos Analíticos em Espectrometria de Absorção Atómica
Place of publication or event: AEMITEQ - Associação para a Inovação Tecnológica e Qualidade
Abstract: A água, tratando-se de um recurso essencial para a vida, necessita que alguns parâmetros de qualidade sejam controlados para que a sua potabilidade não seja colocada em causa. O Decreto-Lei nº 306/2007 de 27 de Agosto estabelece os requisitos obrigatórios de controlo de qualidade da água destinada ao consumo humano. Neste sentido, cabe aos laboratórios de análise o papel fundamental de assegurar o cumprimento destes requisitos. A ÆMITEQ – Associação para a Inovação Tecnológica e Qualidade, local onde foi desenvolvido o projeto desta dissertação, dispõe de laboratórios capazes de garantir o controlo de parâmetros químicos e físicos.Os metais, quando solubilizados em água e em concentrações que excedem os limites definidos no Decreto-lei nº 306/2007, podem ter um efeito tóxico. A monitorização da concentração destes na água deve então ser feita de forma rigorosa, com recurso a métodos de análise fiáveis adaptados às características de cada composto. Esta dissertação incidiu na implementação e validação de métodos analíticos para a quantificação de crómio, ferro, manganês, cobre e magnésio, exemplos de metais que podem apresentar um risco para a saúde se presentes em concentrações elevadas na água destinada ao consumo humano. O desenvolvimento de metodologias de quantificação foi realizado com recurso à Espectrometria de Absorção Atómica, uma técnica que se baseia na interação da luz ultravioleta ou visível com os átomos do elemento a ser analisado. Dada a elevada toxicidade do crómio, ferro e manganês e consequente perigosidade para a saúde, tendo em conta os valores paramétricos definidos no Decreto-Lei nº 306/2007, a validação de métodos de análise destes elementos foi realizada em Espectrometria de Absorção Atómica com atomização emcâmara de grafite, técnica em que a deteção é possível na ordem dos microgramas por litro. Para os elementos cobre e magnésio, atendendo aos requisitos impostos, a validação foi realizada por Espectrometria de Absorção Atómica com atomização por chama, menos sensível e capaz de quantificar na ordem dos miligramas por litro.Com este trabalho, o laboratório pretende solicitar a acreditação destes métodos ao Instituto Português de Acreditação, oferecendo ao cliente um maior leque de ensaios acreditados na área da Absorção Atómica.
Water, as an essential resource for life, requires that certain quality parameters be controlled so that its potability is not put in question. Decree-Law No. 306/2007 of August 27th establishes the mandatory requirements for the quality control of the human consumption water. In this sense, ensure fulfill of these requirements is the fundamental role of the analytical laboratories. The ÆMITEQ - Associação para a Inovação Tecnológica e Qualidade, where the project of this dissertation was developed, has laboratories able to guarantee the control of chemical and physical parameters.Metals, when solubilized in water and in concentrations exceeding the limits defined in Decree-Law no. 306/2007, may have a toxic effect. The monitoring of their concentration in water must then be carried out rigorously, using reliable methods of analysis adapted to the characteristics of each compound.This dissertation focused on the implementation and validation of analytical methods for the quantification of chromium, iron, manganese, copper and magnesium, examples of metals that may present a health risk if present in high concentrations in water intended for human consumption. The development of quantification methodologies was performed using Atomic Absorption Spectrometry, a technique that is based on the interaction of ultraviolet or visible light with the atoms of the element to be analyzed. Given the high toxicity of chromium, iron and manganese and consequent health risk, taking into account the parametric values defined in Decree-Law no. 306/2007, the validation of methods of analysis of these elements was carried out in Atomic Absorption Spectrometry with atomization in graphite chamber, technique in which the detection is possible in the order of micrograms per liter. For the elements copper and magnesium, taking into account the requirements imposed, the validation was performed by Atomic Absorption Spectrometry with flame atomization, less sensitive and able to quantify in the order of milligrams per liter.With this work, the laboratory intends to request the accreditation of these methods to the Portuguese Accreditation Institute, offering the client a wider range of accredited tests in the area of Atomic Absorption.
Description: Dissertação de Mestrado em Química apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/83114
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
DM Sara Cristina.pdf2.96 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

464
checked on Nov 23, 2021

Download(s) 20

1,158
checked on Nov 23, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons