Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82714
Title: "Crianças e Jovens em Perigo: um olhar a partir da CPCJ de Coimbra"
Other Titles: "Children and Young People in danger: a look from the CPCJ of Coimbra"
Authors: Domingues, Sara Margarida da Silva 
Orientador: Peixoto, Paulo Jorge Marques
Keywords: CPCJ; Crianças e Jovens; Maus Tratos; Risco e Perigo; Estruturas Familiares; CPCJ; Children and Young People; Mistreatment; Risk and Danger; Family Structures
Issue Date: 22-Feb-2017
Serial title, monograph or event: "Crianças e Jovens em Perigo: um olhar a partir da CPCJ de Coimbra"
Place of publication or event: CPCJ de Coimbra
Abstract: “A proteção de crianças e jovens em risco nas sociedades modernas é um dever do Estado democrático, que representa cidadãos, e uma sequência lógica da definição da criança como sujeito de direitos. (…) Assim, se família e sociedade representam dois braços que sustentam a educação das crianças, um desses braços tem de ser mais forte sempre que o outro revela falhas, debilidades ou inconstâncias, como acontece com as crianças e jovens em risco.” (Torres, et al. 2008, 7)O presente relatório pretende abordar uma realidade distante para a maioria das pessoas, mas próxima para outras. A funcionalidade familiar, que é algo que damos por adquirido é confrontada com problemas de diferente natureza, o que exige respostas institucionais. As crianças e jovens que chegam à CPCJ de Coimbra revelam esse quadro de disfuncionalidade, evidenciado a perpetuação dos maus-tratos. As respostas institucionais, confrontadas com a necessidade de reabertura de casos/processos, são colocadas perante as suas próprias limitações, relevando a complexidade dos problemas que enfrentam.As fragilidades de algumas estruturas familiares leva a que crianças e jovens estejam sujeitos a maus-tratos. Atualmente, a consciência que se tem dos maus tratos a crianças e jovens, devido a uma forte mediatização e à ocorrência de casos, é abrangente. Por outro lado, conhecemos menos o lado institucional de quem lida profissionalmente com esta realidade, designadamente o trabalho de uma técnica da CPCJ.O trabalho desenvolvido pelas técnicas das CPCJ’S é fundamental para garantir o bem-estar e segurança das crianças e jovens que, devido à sua vulnerabilidade, estão sujeitas aos maus tratos e que consequentemente são sinalizadas às comissões.O presente trabalho está ancorado em duas dimensões. Por um lado, aborda a realidade das crianças e jovens expostas a riscos diversos. Por outro lado, retrata parte do contexto profissional e processual de quem trabalha numa CPCJ.
"The protection of children and young people at risk in modern societies is a duty of the democratic State, which represents citizens, and a logical sequence of the definition of the child as subject of rights. (...) Thus, if family and society represent two arms that support the education of children, one of these arms must be stronger whenever the other reveals flaws, weaknesses or inconsistencies, as with children and young people at risk. " (Torres, et al., 2008, 7)This report aims to address a reality that is distant for most people, but close to others. Family functionality, which is something we take for granted, is confronted with problems of a different nature, which requires institutional responses. The children and young people who arrive at the CPCJ of Coimbra reveal this picture of dysfunctionality, evidenced by the perpetuation of the mistreatment. Institutional responses, faced with the need to reopen cases / processes, are faced with their own limitations, underscoring the complexity of the problems they face.The weaknesses of some family structures implies that children and young people are subject to several kinds of ill-treatment.Currently, there is widespread awareness of ill-treatment of children and young people due to the strong media presence and to the occurrence of incidents. On the other hand, we know fewer about the institutional side of those who deal professionally in a daily basis with this reality, namely the work of CPCJ technicians.The work developed by the CPCJ'S technicians is fundamental to guarantee the well-being and safety of children and young people who, due to their vulnerability, are subject to mistreatment and are therefore flagged to CPCJ.The present work is anchored in two dimensions. On the one hand, it addresses the reality of children and young people exposed to diverse risks. On the other hand, it portrays part of the professional and procedural context of those who work in a CPCJ.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado em Sociologia apresentado à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/82714
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Relatório de estágio.pdf1.32 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

487
checked on Feb 19, 2020

Download(s) 50

642
checked on Feb 19, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons