Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/81291
Title: A influência da informação publicada nas “redes sociais” no processo de seleção e recrutamento: um estudo exploratório na literatura
Other Titles: The influence of the information published in “social networks” in the process of selection and recruitment: an exploratory study in the literature
Authors: Machado, Luís Miguel Oliveira 
Keywords: Redes sociais; Oferta de emprego; Recrutamento e seleção; Cybervetting; Identidade digital
Issue Date: 14-Feb-2016
Publisher: Universidade Federal do Paraná
Serial title, monograph or event: AtoZ: Novas Práticas em Informação e Conhecimento
Volume: 5
Issue: 1
Place of publication or event: Curitiba, PR - Brasil
Abstract: Introdução: Numa sociedade cada vez mais online a relação entre pessoas alastrou-se naturalmente para a rede, para sites conhecidos como “Redes Sociais”. Nessa replicação, certos modos de comunicar e se representar, inócuos em estado offline, podem ser bastante prejudiciais profissionalmente quando reproduzidos em linha. Assim, o objetivo desta investigação é refletir sobre a importância - em termos profissionais - do perfil que é criado nas, ou pelo uso das, Redes Sociais em Linha (como o Facebook e outros sites similares), considerando a influência da atividade aí desenvolvida na obtenção de uma contratação laboral. Método: Foi realizada uma revisão da literatura, em forma de pesquisa exploratória, incluindo fontes bibliográficas e documentais, entre as quais 16 estudos primários efetuados entre 2008 e 2014, abrangendo a perspetiva de investigadores e recrutadores sobre esta problemática de forma a responder três questões, a saber: a) Os responsáveis pelos recursos humanos e/ou outros com poder de decisão em termos de gestão de funcionários, procuram efetivamente informação em linha sobre potenciais funcionários? b) A informação encontrada tem um papel relevante na decisão desses gestores de recursos humanos? c) Quem procura trabalho deve cuidar da sua “imagem digital” mesmo nas Redes Sociais em Linha não consideradas profissionais? Resultados: A procura de informação nas chamadas “Redes Sociais” sobre os candidatos a ofertas de emprego é efetivamente realizada ao longo de todo o processo de seleção e recrutamento. Essa prática, denominada de cybervetting, também abrange as Redes Sociais em Linha tidas como não profissionais e, atendendo aos estudos analisados, é de esperar um aumento da sua frequência. A informação encontrada nas “Redes Sociais em Linha” é também considerada na avaliação dos candidatos às ofertas de emprego, uma vez que é entendida, por muitos recrutadores, como parte da “identidade digital” do indivíduo em questão. Verifica-se, igualmente, que a influência da informação obtida por essa via tende a não ser favorável aos candidatos. Conclusão: Do ponto de vista dos recrutadores a prática de cybervetting é, frequentemente, encarada como um dever profissional no sentido de encontrar o candidato mais adequado. Pelo lado dos candidatos urge uma maior consciencialização da repercussão que a atividade desenvolvida em linha pode ter em termos profissionais. Os efeitos na sua “imagem digital” são similares aos de uma tatuagem, deixa marcas dificilmente removíveis.
Description: jornal article
URI: http://hdl.handle.net/10316/81291
ISSN: 2237-826X
DOI: 10.5380/atoz.v5i1.44035
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Informação - Artigos em Revistas Internacionais

Show full item record

WEB OF SCIENCETM
Citations

2
checked on May 29, 2020

Page view(s)

496
checked on Jul 7, 2020

Download(s)

335
checked on Jul 7, 2020

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Altmetric


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons