Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/80084
Title: Coastal Zone Integrated Management, from theory to practice. Avencas Beach, Cascais
Authors: Ferreira, Ana Margarida Serra 
Orientador: Marques, João Carlos
Seixas, Sónia
Keywords: Coastal zone management; Gestão da zona costeira; Local MPA; AMP local; Bottom-up management; Gestão "bottom-up"; Contingent valuation; Avaliação económica; Rocky-shore conservation; Avaliação económica; Rocky-shore conservation; Conservação de costas rochosas
Issue Date: 17-May-2018
Citation: FERREIRA, Ana Margarida Serra - Coastal zone integrated management, from theory to practice : Avencas Beach, Cascais. Coimbra : [s.n.], 2018. Tese de doutoramento. Disponível na WWW: http://hdl.handle.net/10316/80084
Abstract: The creation of protected areas for nature conservation is usually a cause of disagreement between the different users of the territory, particularly in coastal zones, where the highest densities of human populations can be found and several economic and urbanistic interests are overlapped. The Municipalities have a growing interest in the management of these areas, assembling greater efforts to preserve its natural resources, particularly in the coastal areas that are deeply dependent of their touristic activity, aiming at an environmentally sustainable differentiated touristic product. The Biophysical Interest Zone of Avencas created in 1998 was reclassified as Marine Protected Area in 2016 (POOC, 2016). This reclassification process used a bottom-up approach with strong engagement with the public. As a result, several changes were made to the regulation in order to approach the population’s usages and conservation objectives for this intertidal rocky shore. The recently created Marine Protected Area is now a case study that will allow to test if a correct planning, systematic surveillance, and strong local support will result in a recovery of a distressed rocky shore habitat, essential to the ecosystem equilibrium at a regional level. Along with the biological surveys to evaluate the evolution of the intertidal communities, usage characterization enable to evaluate the short term effect of the outreach initiatives triggered in the reclassification process. Finally enquires were made to the population in order to determine the value assigned to the ecosystem services of this MPA and determine the main causes for this valuation. Short term results indicate a greater compliance with the regulations; the local population is informed and values the several ecosystem services provided by this MPA. However the results from the biological surveys don’t show a direct recovery from the communities due to these changes in behavior. Long series of data are necessary to verify the true biological impact of this recently created Marine Protected Area. This will be the next challenge to pursue evaluating the area, which is an innovative study both at national and international level, due to its establishment with a strong inclusive and environmental awareness process and to its posterior co-management with the several stakeholders.
A criação de áreas protegidas para a conservação de natureza é normalmente causa de conflitos entre os vários utilizadores do território, particularmente em zonas costeiras onde a pressão antropogénica é muito elevada e vários interesses económicos e urbanísticos se sobrepõem. Os Municípios têm um crescente interesse na gestão destas áreas, reunindo vários recursos para a conservação do seu património natural, particularmente nas zonas costeiras fortemente dependentes da atividade turística, tendo como objetivo a oferta de um produto turístico diferenciado e ambientalmente sustentável. A Zona de Interesse Biofísico das Avencas foi criada em 1998, tendo sido reclassificada como Área Marinha Protegida em 2016 (POOC, 2016). Este processo de reclassificação usou uma abordagem “bottom-up” com uma forte componente de sensibilização e comunicação com o público em geral. Como resultado, várias mudanças foram feitas ao regulamento de forma a aproximar os usos da área, dos objetivos de conservação para as costas rochosas. Esta nova Área Marinha Protegida é um caso de estudo que irá permitir testar os efeitos do correto planeamento com um forte apoio da população local, assim como da fiscalização eficiente, na recuperação de comunidades intertidais de costas rochosas essenciais ao equilíbrio do ecossistema a nível regional. Além da monitorização biológica para avaliar a evolução das comunidades intertidais, a caracterização de usos permitiu avaliar a curto prazo o efeito das ações de sensibilização para a população em geral desencadeadas durante o processo de reclassificação. Finalmente os inquéritos à população foram realizados para determinar o valor dos serviços do ecossistema desta AMP e as causa para esta valorização. Os resultados de curto prazo indicam um maior cumprimento dos regulamentos; a população local está informada e valoriza os vários serviços de ecossistema assegurados por esta AMP. No entanto, os resultados da monitorização biológica não mostram diretamente uma recuperação das comunidades intertidais devido a estas mudanças de comportamento. São necessárias séries de dados longas para verificar o verdadeiro impacto biológico desta recém-criada Área Marinha Protegida das Avencas. Este será o próximo desafio para a continuação da avaliação desta área que é um caso de estudo inovador a nível nacional e internacional, quer pela sua constituição com uma forte componente inclusiva e de sensibilização ambiental quer pela sua posterior co-gestão com os seus vários stakeholders.
Description: Tese de doutoramento em Biociências, no ramo de Ecologia Marinha, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/80084
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Coastal Zone Integrated Management.pdf3.83 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

72
checked on May 22, 2019

Download(s)

88
checked on May 22, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.