Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/79525
Title: Atividades Práticas no Ensino e Aprendizagem da "Gestão Sustentável dos Recursos" (8.º ano de escolaridade)
Authors: Pires, Estefânia Francisco Ramos 
Orientador: Pereira, Alcides
Correia, Gina
Abrantes, Isabel
Keywords: aprendizagem; atividades práticas; ensino; recursos naturais; education; learning; natural resources; pratical activities
Issue Date: 9-Mar-2018
Citation: PIRES, Estefânia Francisco Ramos - Atividades práticas no ensino e aprendizagem da "gestão sustentável dos recursos" (8.º ano de escolaridade). Coimbra : [s.n.], 2018. Tese de doutoramento. Disponível na WWW: http://hdl.handle.net/10316/79525
Abstract: As atividades práticas (AP) são uma estratégia privilegiada na perspetiva do ensino atual das ciências, sendo sugeridas nos documentos curriculares oficiais (DCO) e nos manuais escolares (ME). No ensino e aprendizagem das Geociências é fundamental que o professor conceba ambientes de aprendizagem formais e não formais, que permitam contribuir para melhorar as competências e valores fulcrais para o desenvolvimento da literacia científica, essencial para formar cidadãos mais ativos e responsáveis, nomeadamente, numa Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS). O presente estudo desenvolveu-se em torno da importância das AP no ensino e aprendizagem da unidade curricular “Gestão sustentável dos recursos”, do 8.º ano de escolaridade, e iniciou-se com uma análise de conteúdo dos DCO e das AP incluídas nos ME de Ciências Naturais deste nível de ensino. A amostra foi constituída por 10 ME de duas edições (2007 e 2014) correspondentes a duas revisões curriculares, e os mais utilizados nas escolas portuguesas, nos anos letivos 2013/2014 e 2016/2017. As AP foram avaliadas com base na tipologia e nível cognitivo (taxonomia de Bloom revista), admitindo-se que poderão estar relacionadas com o desenvolvimento de competências conducentes à literacia científica subjacente a uma EDS. Os resultados mostraram que, no que respeita à tipologia das AP, a diversidade é baixa com um predomínio, em ambas as edições, de AP de papel e lápis. Nos ME de 2014, comparativamente aos de 2007, existem mais propostas de AP de projeto e de pesquisa. As propostas de AP laboratoriais e Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente (CTSA) mantêm a sua frequência, em ambas as edições, e as AP de campo são nulas nos ME de edição mais recente, contrariando o preconizado nos DCO. Relativamente ao nível cognitivo, registou-se um incremento no número de AP de nível cognitivo elevado nos manuais de 2014, principalmente nas categorias “Avaliar” e “Criar”. Porém, nenhum ME incorpora um número superior de AP de nível cognitivo elevado comparativamente às de nível cognitivo baixo. Atendendo a que a prática dos professores é, também, influenciada pelas suas conceções procurou-se, através da aplicação de um inquérito por questionário, estabelecer uma relação entre as conceções acerca da importância das AP e as caraterísticas pessoais, profissionais e da prática letiva dos inquiridos. Apesar dos resultados obtidos não poderem ser extrapolados para o universo, pode-se concluir que os professores participantes valorizaram as AP, que as suas conceções acerca da importância destas influenciaram as estratégias pedagógicas e que, por sua vez, essas conceções são influenciadas, sobretudo, pela formação contínua. Reconhece-se a importância que o estudo de situações-problema concretas têm no ensino e aprendizagem das Geociências, quando planificadas e aplicadas em contextos locais/regionais onde se insere a escola, pois possibilitam a construção de conhecimentos, o desenvolvimento de capacidades e atitudes e valores consentâneas com uma EDS. Neste sentido são apresentadas duas propostas de AP, uma de campo e um trabalho de projeto, que foram desenvolvidas em contexto de ensino formal e não formal, respetivamente. O seu planeamento e construção teve por base o contexto geológico de Ourém, mais especificamente os recursos naturais, e em acordo com: i) o preconizado pelo Ministério da Educação, para a unidade curricular “Gestão sustentável dos recursos” para o 3.º ciclo do ensino básico nas Ciências Naturais; ii) a perspetiva de ensino construtivista; e iii) uma EDS. Os resultados obtidos reforçam o valor educativo das AP planificadas segundo a realidade próxima dos estudantes, como uma estratégia promotora da literacia científica e com propósitos de uma EDS. As propostas de AP construídas no âmbito deste estudo não devem ser encaradas de uma forma acabada e inalterável, mas sim inspirar outras intervenções, noutras turmas e escolas, constituindo, indiscutivelmente, um complemento válido e inovador às AP incluídas nos ME. O foco deste estudo prende-se com o seu contributo reflexivo e crítico para o ensino e aprendizagem da unidade curricular “Gestão sustentável dos recursos” no 8.º ano de escolaridade, com vista ao desenvolvimento da literacia científica dos estudantes numa perspetiva de uma EDS.
Practical activities (PA) are an important component in the current teaching of sciences, and suggestions for them appear in the official curriculum documents (OCD) and textbooks for the various courses. Regarding both the teaching and learning of the Geosciences, it is essential that the teacher considers both formal and informal learning environments that will help improve competence and values central to the development of scientific literacy, in turn essential for training more active and responsible citizens in a programme of Education for Sustainable Development (ESD). The present study was developed around the importance of PA in the teaching and learning of the curricular unit "Sustainable management of resources", of the 8th grade, and began with a content analysis of the OCD and PA included in the Natural Sciences textbooks for this education level. The sample consisted of ten textbooks, five of each edition (2007 and 2014) corresponding to two curricular revisions and the most used in Portuguese schools in the 2013/2014 and 2016/2017 school years. The PA were evaluated on the basis of their type and cognitive level (Bloom's revised taxonomy), on the assumption that they could be related to the development of competencies leading to the scientific literacy that lies behind ESD. The diversity of PA was low with a prevalence, in both editions of the textbooks, of pencil and paper, although there are more suggestions for project and search PA in the 2014 edition. The numbers of suggestions for laboratory PA and Science, Technology, Society and Environment (STCE) are similar in the editions from the two years but there are none for fieldwork in the later year, contrary to the recommendations of the OCD. There were more high cognitive level PA in the 2014 edition, particularly in the "Evaluate" and "Create" categories. However, neither of the editions includes a higher number of PA of a high cognitive level relative to the number of PA of a low cognitive level. Since teaching practice is also influenced by teachers’ conceptions, a questionnaire-based survey was carried out to establish the relationships between the conception of the importance of PA and personal and professional characteristics and teaching practice. Although the results obtained cannot be universally extrapolated, it can be concluded that the participating teachers valued PA, that their conceptions about the importance of PA influenced their teaching strategies, and that these conceptions are influenced above all by continuous education. The importance of the study of real problem situations in the teaching and learning of the Geosciences is recognised when they are planned and applied to the local/regional situations of the school concerned, as they enable the construction of knowledge and the development of abilities and promote ESD. For this reason, two PA proposals are presented, one based on fieldwork and one on project work. They were developed in the context of formal and informal education, respectively. Their planning and construction were based on the Ourém geological context, more specifically on natural resources, and in agreement with: i) the Ministry of Education recommendation for the curricular unit "Sustainable management of resources" for the middle school in Natural Sciences, ii) the constructivist teaching methodology, and iii) an ESD. The results reinforce the educational value of the PA, planned according to the students’ aspirations, as a strategy that promotes scientific literacy and that has an ESD purpose. The PA proposals built up in this study should not be considered finished and unchangeable; rather they should inspire other changes in other classes and schools, and be complementary to the PA included in the textbooks. The focus of this study is its reflective and critical contribution to the teaching and learning of the curricular unit "Sustainable management of resources" in the 8th grade, in order to develop students' scientific literacy in an ESD perspective.
Description: Tese de doutoramento em Geologia, no ramo de Recursos Geológicos e Ambiente, apresentada ao Departamento de Ciências da Terra da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/79525
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Terra - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Atividades Práticas no Ensino e Aprendizagem da Gestão Sustentável dos Recursos.pdf8.39 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

112
checked on May 20, 2019

Download(s) 50

123
checked on May 20, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.