Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/79507
Title: Diagnose sexual a partir dos metacárpicos de uma amostra de esqueletos portuguesa
Authors: Morgado, Nuno Filipe Currais 
Orientador: Cunha, Eugénia
Keywords: Diagnóstico; Medicina legal; Determinação do sexo; Metacarpo; Osteologia
Issue Date: 2011
Abstract: A importância da resolução de casos forenses por todo o mundo tem vindo a requerer, por parte dos peritos forenses, um maior leque de ferramentas e métodos de intervenção. Em certos casos o cenário forense pode conter corpos em decomposição, ou até mesmo num estado bastante avançado de degradação, onde o esqueleto é o único constituinte do indivíduo a estar presente. Neste âmbito, a determinação do sexo é uma característica essencial na reconstituição do perfil biológico do indivíduo. Apesar dos ossos pélvicos e os do crânio serem aqueles que melhor ajudam na determinação do sexo, nem sempre estão presentes ou em condições que possam ser utilizados. O propósito deste trabalho é proporcionar, ao especialista forense, uma outra ferramenta de trabalho baseada num tipo de material ósseo distinto. Para isso foram desenvolvidas funções discriminantes direccionadas à população portuguesa tendo como pressuposto a medição de alguns ossos da mão. A amostra óssea analisada foi obtida a partir de uma Colecção de Esqueletos Identificados, pertencente à Universidade de Coimbra. O estudo compreendeu um total de 1000 metacárpicos, que fazem parte de 50 indivíduos masculinos e de 50 femininos, com idades compreendias entre os 19 e 71 anos. Foram efectuadas oito diferentes medições, para cada um dos metacárpicos. A confirmação da existência de dimorfismo sexual para este tipo de osso deu seguimento ao cálculo das funções discriminantes. Os intervalos de confiança encontrados relativos à precisão sexual indicaram valores elevados para ambos os sexos. Para a grande maioria dos casos estes foram superiores a 80%, sendo inferiores em apenas quatro momentos, todos eles envolvendo o sexo masculino. Destaca-se o III metacárpico para o sexo masculino com uma precisão de 94% e o I metacárpico para o feminino, com 100%. Os resultados deste trabalho demonstram que os metacárpicos são estruturas ósseas fiáveis na determinação do sexo, na qual a mão esquerda terá a sua relevância
The importance of resolution in forensic cases all over the world requires, to the forensic experts, a largest number of techniques and intervention methods. In certain cases, the forensic scenery may contain decomposing bodies, or even human remains in a very advanced state of decomposing, in which the skeleton is the only individual part being present. Therefore, sex determination is an essential characteristic in the reconstitution of the biologic profile of the individual. Although, pelvic bones and skull are the elements that better helps at sex determination, they are not always preserved. The aim of the present work is to provide to the forensic expert, another technique of work based in a distinct bone material. For that, were developed discriminating functions for the Portuguese population, attending the measurement of the hand bones. The bone sample analyzed was obtained from the Colecção de Esqueletos Identificados, belonging to the Universidade de Coimbra. The study compromised 1000 metacarpals, corresponding to 50 males and 50 females, with ages between 19 and 71 years-old. We proceeded eight different measurements for each one metacarpal. These allowed us to obtain discriminant functions. The correct percentage for sexual precision indicated elevated values for both sexes. For a large number of cases it was higher than 80%, recording lower values only in four distinct moments, and involving the masculine gender. Stands out the III metacarpal for the masculine gender with 94% precision, and the I metacarpal for the feminine, with a 100%. These study results show metacarpals as reliable bone structures for sex determination, where the left hand will have its relevance.
Description: Dissertação de mestrado na área de Medicina Legal e Ciências Forenses, Instituto Nacional de Medicina Legal, Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/79507
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação de Mestrado em M.L.C.F. Nuno Morgado.pdf2.62 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

85
checked on Feb 19, 2020

Download(s)

72
checked on Feb 19, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.