Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/79471
Title: Nutricosméticos e cosmecêuticos: condicionantes regulamentares e posicionamento no mercado atual
Authors: Gonçalves, Mariana da Silva Lúcio 
Orientador: Sousa, João José Martins Simões
Keywords: Cosmecêuticos; Suplementos dietéticos; Legislação
Issue Date: Sep-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A cosmética está associada ao culto da beleza, um conceito quase tão antigo como o próprio Homem. Desde a pré-história e das primeiras civilizações que se encontra registada a utilização de variadíssimos produtos com o objetivo de melhorar a aparência e o bemestar físico. O facto do conceito de beleza estar inegavelmente associado a um conjunto de padrões estéticos impostos pela própria sociedade, faz com que ao longo dos tempos se assista à mudança de hábitos e à procura de novos produtos que satisfaçam as novas necessidades das populações no campo da cosmética. Atualmente, a utilização de tecnologia de ponta e o aumento do conhecimento científico disponível tem permitido introduzir no mercado dos produtos cosméticos e de higiene corporal (PCHC) um leque cada vez mais alargado de produtos. A introdução de cremes com ação antienvelhecimento, das pastas de dentes branqueadoras, dos cremes despigmentantes e, das mais recentes "pílulas da beleza", que alegam "nutrir a pele de dentro para fora" está a baralhar a definição legal de "produto cosmético", desafiando a barreira existente entre estes produtos e os medicamentos e/ou suplementos alimentares. Fruto de todas estas inovações, surgiu o termo "cosmecêutico" e, mais recentemente, "nutricosmético". Estes termos são apenas utilizados pela indústria cosmética e alguns dos seus consumidores, para designar produtos que estão entre os cosméticos e os medicamentos e os cosméticos e os suplementos alimentares, respetivamente. Mas, o que distingue estes produtos dos cosméticos já existentes? Ou dos suplementos alimentares? Ou dos medicamentos? Não constituirão estes conceitos apenas estratégias de marketing? Ou será que há necessidade de criar uma classe isolada para este tipo de produtos dadas as alegações subjacentes e as novas funções apresentadas? Face a estas questões, pretendo ao longo desta monografia esclarecer os conceitos de cosmecêutico e nutricosmético, questionando o seu posicionamento no mercado atual.
Cosmetology is associated with the cult of beauty, a concept almost as old as man himself. Since prehistory and the first civilizations is registered the use of different products which aim is improve the appearance and physical well-being. The fact of the concept of beauty is undeniably associated with a set of aesthetic standards imposed by our own society causes a change of habits over time and the demand for new products that can satisfy the people’s needs in the cosmetics field. Currently, the use of high technology and the increase of the available scientific knowledge have allowed to introduce into the market of cosmetic and personal care products (PCHC) an increasingly range of products. The introduction of creams with antiaging action, thoothpastes with whitening action, lightener creams and the latest "beauty pills" that claim "beauty from inside" is shuffling the legal definition of "cosmetic products", challenging the barrier between these products and drug products and/or food supplements. As a result of all innovations, the term "cosmeceutical" and more recently "nutricosmetics" emerged. These terms are only used by the cosmetic industry and some of its consumers to designate products that are between cosmetics and drugs and cosmetics and food supplements, respectively. However, what distinguishes these products from existing cosmetics? Or food supplements? Or drugs? Can be this just a marketing strategy? There is some need for an isolated class for this kind of products given the underlying claims and the new features presented? Given these issues, I intend with this monograph clarify the concepts of cosmeceuticals and nutricosmetics, questioning its position in the current market.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/79471
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_Mariana Gonçalves.pdfMonografia1.45 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

744
checked on Nov 6, 2019

Download(s) 20

1,100
checked on Nov 6, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.