Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/780
Title: Ideias estéticas em Eça de Queirós
Authors: Simões, Maria João 
Orientador: Reis, Carlos António Alves dos
Keywords: Literatura Portuguesa; Queirós, Eça de, 1845-1900; Queirós, Eça de, 1845-1900 -- ideias estéticas
Issue Date: 11-Dec-2000
Keywords: Literatura Portuguesa; Queirós, Eça de, 1845-1900; Queirós, Eça de, 1845-1900 -- ideias estéticas
Issue Date: 11-Dec-2000
Citation: SIMÕES, Maria João - Ideias estéticas em Eça de Queirós. Coimbra : [s.n.], 2000. Tese de doutoramento. Disponível na WWW em: <http://hdl.handle.net/10316/780>.
Abstract: A produção literária de Eça de Queirós evidencia uma grande preocupação de perscrutar e de expressar o real. Parte-se, pois, do estudo da germinação do Realismo nos primeiros textos queirosianos, para em seguida se analisar como se processa a sua afirmação nos textos teórico-reflexivos. De acordo com a revisão crítica que novas teorias da ficção imprimem à leitura do Realismo ­ nomeadamente a desenvolvida por Kendall Walton na obra Mimesis as Make-Believe ­ observa-se a intencionalidade do conhecido projecto de traçar uma "galeria" da sociedade portuguesa. Para se avaliar o carácter pioneiro da estética queirosiana são analisados os posicionamentos de escritores e críticos,responsáveis pela introdução da estética positivista e realista em Portugal, na década de 70. Este estudo permite ainda sopesar o dinamismo do pensamento de Eça de Queirós, que, integrando algumas conquistas realistas, parte à descoberta da diversidade criativa, sempre norteado pelo valor da originalidade. Analisa-se também como se plasma o diálogo das ideias estéticas na ficção queirosiana. Evidencia-se o entrosamento das diferentes perspectivas veiculadas por personagens e narradores, prescrevendo um papel activo para o leitor ­ o qual deve estabelecer todo um jogo de relações entre as perspectivas narrativas representadas e o mundo que o rodeia. A especificidade da representação queirosiana advém de uma acentuação do ridículo e do caricatural, postos ao serviço da sátira, a fim de que, rindo, o leitor possa desenvolver uma opinião crítica do mundo representado. Estuda-se, por fim, a crescente complexidade da composição ficcional queirosiana. A persistência da ideia de originalidade vai levar o romancista a procurar incessantemente novos meios de gerar a ficcionalidade, acentuando-se, nas narrativas queirosianas a partir de 1880, o jogo paródico derrogador de convenções da tradição literária. Conclui-se chamando a atenção para o facto de este percurso orientar Eça de Queirós para um posicionamento esteticista muito peculiar, o qual, pelo que remanesce da experiência realista, obriga a pensar em Realismo(s) no plural.
Description: Tese de doutoramento em Letras (Literatura Portuguesa) apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/780
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Português - Teses de Doutoramento
I&D CLP - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

798
checked on Aug 14, 2019

Download(s)

73
checked on Aug 14, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.