Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/47081
Title: Questionário de Comunicação em Educação Sexual na Escola – Versão Adolescentes: estudo de validação com jovens portugueses
Other Titles: Questionnaire of Communication about Sexual Education in the School – Adolescents Version: validation studies with Portuguese youths
Authors: Carvalho, Cristiana 
Pinheiro, Maria do Rosário 
Vilar, Duarte 
Pinto Gouveia, José 
Keywords: Estratégias e competências de comunicação; Comunicação Professor/a-aluno/a; Educação Sexual; Adolescentes; Questionário; Strategies and communication skills; Teacher-student communication; Sex Education; Teens; Questionnaire
Issue Date: 30-Sep-2014
Publisher: Associação para o Planeamento da Família
Keywords: Estratégias e competências de comunicação; Comunicação Professor/a-aluno/a; Educação Sexual; Adolescentes; Questionário; Strategies and communication skills; Teacher-student communication; Sex Education; Teens; Questionnaire
Issue Date: 30-Sep-2014
Publisher: Associação para o Planeamento da Família
Project: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) - Referência nº SFRH/BD/75130/2010 
Abstract: Este estudo teve como objetivo validar o Questionário de Comunicação em Educação Sexual na Escola - Versão Adolescentes (QCESE-VA), que se propõe avaliar, no âmbito de várias temáticas da sexualidade e da educação sexual, as estratégias e competências de comunicação utilizadas pelos/as adolescentes/as com os/as professores/as (1ª secção do instrumento) e a perceção dos mesmos em relação às estratégias de comunicação utilizadas pelos/as professores/as (2ª secção do instrumento). O QCESE-VA foi aplicado a uma amostra de 600 adolescentes dos 12 aos 22 anos (M=16,8 anos; DP=1,410), que frequentavam o 3ºciclo do ensino básico e o ensino secundário. Os resultados obtidos demonstraram uma estrutura final com uma solução de três fatores na 1ª secção (F1-Competências de Comunicação baseadas na partilha, esclarecimento de dúvidas e resolução de problemas; F2-Competências de comunicação baseadas na atenção emocional; F3-Estratégias de comunicação baseadas na assertividade e na procura de apoio) que explicaram 67,5% da variância total. Na 2ª secção emergiram dois fatores (F1-Estratégias de comunicação baseadas no controlo, ameaça e defesa; F2- Estratégias de comunicação baseadas na assertividade) que explicaram 70,9% da variância total. Todas as dimensões revelaram uma boa consistência interna, tendo o alfa de Cronbach variado entre ,874 e ,948. Em ambos os sexos as estratégias e competências positivas de comunicação utilizadas pelos adolescentes mostram-se fortemente associadas às estratégias positivas que eles percecionam como sendo utilizadas pelos/as professores/as. Estes estudo contribui para reforçar a importância da Educação Sexual na escola e o valor da comunicação professor/a-aluno/a, assim como, a importância das estratégias positivas da comunicação entre educadores e educandos nas temáticas da sexualidade.
This study aims to validate the Communication Questionnaire on Sex Education in School - Teens Version (QCESE-VA), which aims to assess, related to various themes of sexuality and sex education, the perceived strategies and communication skills that are used by adolescents with their teachers (1st section of the instrument) and the perception of the adolescents about the communication strategies that are used by teachers (2nd section of the instrument). The QCESE-VA was applied to a sample of 600 adolescents from 12 to 22 years (M = 16,8 years, DP=1,410), who attended the 3rd cycle of basic education and secondary education. The results showed a final structure with a three factor solution in the 1st section (F1-Communication Skills based sharing, clarify questions and troubleshooting; F2-Communication skills based on emotional attention; F3-Communication strategies based in assertiveness and seeking support) that explained 67.5 % of the total variance. In the 2nd section emerged two factors (F1-Communication strategies based on control, threat and defense; F2-Communication strategies based on assertiveness) that explained 70.9 % of the total variance. All dimensions showed a satisfactory reliability, with Cronbach's alpha varied between 874 and 948. In both sexes the perceived strategies and positive communication skills that are used by teenagers show up strongly associated with adolescents perception about positive strategies used by teachers This study contributes to reinforcing the importance of sexual education in school and the value of teacher-student communication, as well as the importance of positive communication strategies between teachers and students in issues of sexuality.
URI: http://hdl.handle.net/10316/47081
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CINEICC - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
5 - Comunicação Adolescentes - APF.pdf250.65 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

741
checked on Aug 14, 2019

Download(s) 20

547
checked on Aug 14, 2019

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons