Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/42431
Title: Quando o trabalho mata? Uma questão de direitos laborais ou de direitos humanos
Other Titles: When work kills? Labour right or human right question
Authors: Ferreira, António Casimiro 
Lima, Teresa Maneca 
Keywords: Direitos humanos; Direitos laborais; Trabalho digno e segurança no trabalho; Human rights; Labour rights; Decent work and safety at work
Issue Date: 2015
Publisher: UFRN
Serial title, monograph or event: Cronos
Volume: 16
Issue: 2
Place of publication or event: Natal
Abstract: Os múltiplos processos de globalização têm sido apontados como responsáveis por inúmeras transformações no mundo do trabalho, criando um mercado de trabalho cada vez mais heterogêneo, contribuindo para o aumento da flexibilidade do trabalho e dos trabalhadores e reduzindo os níveis de proteção legais, a globalização econômica influenciou igualmente as instituições ao criar um deficit regulatório em termos dos direitos fundamentais do trabalho. A degradação generalizada das condições de trabalho, traduzida no número crescente de acidentes de trabalho e de mortes, coloca, como incontornável e urgente, o debate sobre a promoção e a afirmação dos direitos laborais como direitos humanos. Através da identificação das principais abordagens em torno dos direitos laborais e dos direitos humanos, este artigo discute o direito à segurança no trabalho, enquanto direito humano. Defendendo uma conceção abrangente de direitos humanos, propõe-se que o direito à segurança no trabalho se compagine com o cânone dos direitos humanos.
The globalization and its multipleprocesses have been identified as responsible for many transformations in the labour world, the creation of a more heterogeneous labour market, the increase of labour and workers flexibility and the decrease of the legal protection had also impact on the role of public institutions, creating a regulatory deficit in terms of the fundamental labour rights. The poor working conditions and the increasing number of industrial accidents and deaths at work, places the debate on the promotion and assumption of labour rights as human rights as essential and urgent. By identifying the main approaches related with labour rights and human rights, this article considers the right to safety at work as a fundamental human right. Defending an inclusive conception of human rights, we propose the right to safety at work must be included as a human right standard.
URI: http://hdl.handle.net/10316/42431
ISSN: 1518-0689
1982-5560
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos em Revistas Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Quando o trabalho mata_Uma questão de direitos laborais ou de direitos humanos.pdf221.21 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

221
checked on Feb 18, 2020

Download(s) 50

312
checked on Feb 18, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.