Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/33563
Title: A cirurgia conservadora em tumores malignos e borderline do ovário
Authors: Faria, Cátia Filipa da Silva 
Orientador: Dias, Margarida Figueiredo
Tavares, Mariana Vide
Keywords: Tumores borderline do ovário; Tumores epiteliais malignos do ovário; Cirurgia conservadora; Cirurgia de manutenção da fertilidade
Issue Date: Jun-2016
Abstract: O cancro do ovário é uma patologia ginecológica com elevada mortalidade que atinge cada vez mais mulheres em idades jovens, pelo que é importante o estudo e desenvolvimento de tratamentos mais conservadores que permitam uma boa qualidade de vida das doentes, sem taxas de recorrência de doença elevadas e que lhes permitam ser mães, se o desejarem. Os tumores abordados neste trabalho são os tumores borderline e os epiteliais malignos, estes englobam no seu tratamento, cirurgia para estadiamento e com intuito terapêutico. A cirurgia neste tipo de tumor tende a ser radical, maioritariamente nas mulheres pós-menopáusicas mas é discutível nas mulheres pré-menopáusicas. Neste trabalho pretende-se verificar se a cirurgia conservadora é uma opção terapêutica em mulheres jovens com o desejo de preservação da fertilidade. Para tal foi realizada pesquisa bibliográfica referente a esta área, em artigos científicos e artigos de revisão no banco de dados da PubMed e Cochrane, publicados em Português e Inglês, entre 2001 e 2015. Concluiu-se que, em caso de opção pela cirurgia conservadora, em tumores borderline e epiteliais malignos em estádios iniciais, não há diferenças major nas taxas de recorrência da patologia ou mortalidade, em comparação com a cirurgia radical. Ovarian cancer is a gynecological pathology with high mortality rates that affects women, particularly young. That is why it is important to study and develop more conservative treatments which provide good quality of life, without high rates of relapse and that allows the patients to become mothers, if they whish. The tumors approached in this essay are borderline ovarian tumors and malignant epithelial carcinomas, which include in their treatment, surgery with the purpose of staging the cancer and with therapeutic aim. The surgery in this kind of tumors tends to be radical, mostly in postmenopausic women but it is debatable in premenopausic women. This essay intends to verify if conservative surgery is a therapeutic option in young premenopausic women with the desire of fertility preservation. With this intent, it has been elaborated a bibliographic research regarding this area of expertise, in scientific articles and reviews in the database of PubMed and Cochrane, published in Portuguese and English, between the years of 2001 and 2015. Conclusion is that, in case of conservative surgery, regarding borderline and epithelial ovarian cancers in initial stages, there is no major differences in terms of recurrence or mortality rates, in comparison to the radical surgery.
Description: Trabalho de revisão do 6º ano médico com vista à atribuição do grau de mestre (área científica de ginecologia) no âmbito do ciclo de estudos de Mestrado Integrado em Medicina.
URI: http://hdl.handle.net/10316/33563
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
A CIRURGIA CONSERVADORA EM TUMORES MALIGNOS E BORDERLINE DO OVÁRIO_Cátia Faria_FMUC 2016.pdfA CIRURGIA CONSERVADORA EM TUMORES MALIGNOS E BORDERLINE DO OVÁRIO_Cátia Faria_FMUC 2016515.34 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

530
checked on Dec 22, 2021

Download(s) 5

3,057
checked on Dec 22, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.