Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/32435
Title: Satisfação com a vida, estilos de coping e sintomatologia de cuidadores-responsáveis por jovens adultos e adultos com defiência mental: um estudo exploratório
Authors: Silva, Cátia Sofia Moreira 
Orientador: Dias, Maria da Luz Vale
Keywords: Deficiente mental; Cuidadores; Satisfação com a vida; Sintomatologia psicopatologica; Estilos de coping
Issue Date: 2015
Serial title, monograph or event: Satisfação com a vida, estilos de coping e sintomatologia de cuidadores-responsáveis por jovens adultos e adultos com defiência mental: um estudo exploratório
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo teve como principal objetivo aprofundar o conhecimento acerca da satisfação com a vida, estilos de coping e sintomatologia psicopatológica de uma amostra de 103 cuidadores de deficientes mentais, sendo estes já de idade adulta. Uma revisão da Literatura existente tornou clara a escassez de estudos que aprofundassem esta temática, optando-se assim, pela realização de um estudo exploratório. Deste modo, foi solicitado a cuidadores, que respondessem um questionário sociodemográfico e três escalas de medida: da satisfação com a vida (SWLS), dos estilos de coping (FCOPES), e de avaliação da sintomatologia psicopatológica (BSI). Na análise de dados, utilizaram-se estatísticas descritivas e técnicas de inferência estatística, de forma a analisar as possíveis relações entre os resultados das escalas e o diagnóstico apresentado pelo familiar que recebe os cuidados, os resultados das escalas e a variável idade, bem como as relações dos resultados das escalas entre si.
This study aimed to deepen knowledge about the life satisfaction, coping styles and psychopathological symptoms in a sample of 103 caregivers of mentally handicapped young adults and adults. A review of existing literature, made clear the lack of studies in this field and about this issue, opting thus for made an exploratory study. Then, we asked the caregivers, to answer a sociodemographic questionnaire, and three measure scales: life satisfaction, coping styles, and evaluation of psychopathological symptoms. In data analysis, we used descriptive statistics, and analysis of statistical inference so we could understand the possible existence of links between the results of the scales and the diagnosis made by the family who receives care, the results of the scales and the variable age as well as the possible relation between the results of the scales with each other.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia (Psicologia da Educação, Desenvolvimento e Aconselhamento), apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/32435
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação - Cátia Silva.pdf2.11 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

1,188
checked on May 27, 2020

Download(s)

93
checked on May 27, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.