Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31522
Title: Consumo de substâncias em estudantes do ensino superior:prevalências e relação com o bem-estar subjetivo e desempenho académico.
Authors: Sequeira, João Pedro da Costa Pereira 
Orientador: Dias, Maria da Luz Vale
Keywords: Consumo de substâncias; Aluno do superior; Bem-estar subjectivo
Issue Date: 2015
Serial title, monograph or event: Consumo de substâncias em estudantes do ensino superior:prevalências e relação com o bem-estar subjetivo e desempenho académico.
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo tem como objetivo obter dados relativos à prevalência do consumo de substâncias em estudantes do ensino superior e explorar a sua relação com determinadas caraterísticas sociodemográficas, com o bem-estar subjetivo e com o desempenho académico. Junto de uma amostra composta por 215 estudantes da Universidade de Coimbra (82,8% mulheres), com uma média de idades de 22 anos, foram recolhidos dados através da aplicação dos seguintes instrumentos: um questionário sociodemográfico e de percurso académico para obter informações sobre o desempenho académico e caraterísticas demográficas; um questionário sobre padrões de consumo de substâncias, a Escala de Satisfação Com a Vida (Satisfaction With Life Scale) versão portuguesa de Simões (1992), e a Escala de Afetividade Positiva e Negativa (PANAS), versão portuguesa de Galinha e Pais-Ribeiro (2005b). Os resultados obtidos apontam para prevalências elevadas de consumo de substâncias na população universitária, assistindo-se a um aumento significativo no consumo de substâncias entre os 18 e os 19 e 20 anos e entre 2º e 3º ano letivos, sendo que esse consumo está relacionado negativamente com o desempenho académico. Neste sentido, o planeamento de ações de prevenção deverá ter em atenção jovens em transição para a universidade.
This study aims to obtain data on the prevalence of substance use in college students and explore its relationship with certain sociodemographic characteristic, subjective well-being and academic performance. In a sample of 215 students from the University of Coimbra (82,8% female), with an average age of 22 years, data was collected using the following instruments: a sociodemographic and academic background questionnaire to obtain information about academic performance and other demographic characteristics, a questionnaire of substance use, the Satisfaction with Life Scale (SWLS), Portuguese version by Simões (1992), and the Positive and Negative Affect Schedule (PANAS), Portuguese version by Galinha & Pais-Ribeiro (2005b). The results point to a high prevalence of substance use in college studentes, a significant increase in substance use between 18 and 19 and 20 years of age and also between the 2nd and 3rd academic years. Results also show that this consumption is negatively correlated with academic performance. In this sense, the planning of prevention actions should have youth transitioning to college in focus.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia da Educação, Desenvolvimento e Aconselhamento, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/31522
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação João Pedro da Costa P. Sequeira .pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

548
checked on May 28, 2020

Download(s) 50

177
checked on May 28, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.