Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31516
Title: Chimpanzee's (Pan troglodytes) social cognition and behaviour mediated by a touch panel task
Authors: Mendonça, Renata 
Orientador: Cunha, Eugénia
Carvalho, Susana
Keywords: Competição; Prosocialidade; Cognição social em chimpanzés; Ecrã táctil
Issue Date: 2012
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O chimpanzé (Pan troglodytes) é o parente vivo mais próximo do Homem (juntamente com o bonobo - Pan paniscus). Características genéticas anatómicas, comportamentais e cognitivas fazem deste género um óptimo modelo parcimonioso para estudos cognitivos e comportamentais, elucidando-nos acerca da evolução do Homem. Os chimpanzés vivem em grupos sociais hierarquizados. A vida em grupos apresenta inúmeros desafios sociais. Tópicos relacionados como competição e comportamentos prosociais vão ser explorados: consequências da vida em grupo. O estudo 1 foca-se na observação do comportamento dos chimpanzés numa situação de contest competition, num ambiente controlado, que requer a realização de uma tarefa num monitor Touch screen para a obtenção de recompensa. O objectivo é perceber qual dos indivíduos monopoliza a tarefa e como os restantes indivíduos se comportam. O presente estudo revelou-se uma situação de competição entre machos. Os indivíduos dominantes não são os que exercem mais a tarefa. A fêmea dominante raramente se aproxima da área do booth e o macho dominante realiza tarefa por menos tempo comparado com o macho juvenil, Ayumu, filho da fêmea dominante. As fêmeas subordinadas aproveitaram a ausência de Ayumu para realizar a tarefa. As sessões em que o macho juvenil entrou no recinto da experiência coincidiram com as sessões em que se verifou uma maior taxa de comportamentos agonísticos. Os resultados sugerem que a dominância não é o principal factor a influenciar a monopolização da área e que o Ayumu é o principal responsável pelos comportamentos agonisticos. O estudo 2 foca o comportamento prosocial numa situação experimental mediada por computadores Touch panel em três díadas mãe-cria(juvenil). Os indivíduos foram dados a escolher entre três opções ―prosocial‖,―mean-spirited‖ e ―altruistic‖, em três condições distintas. Os chimpanzés escolheram, significativamente, nas três condições, a opção prosocial em relação às restantes opções e demonstraram entender as funções das opções entender ao objectivo. As crias demonstraram um comportamento mais altruísta que as respectivas mães, como estratégia para evitarem conflitos com as mesmas. Os resultados do presente estudo são confrontados com estudos anteriores.
Chimpanzee (Pan troglodytes) is the human closest living relative (as well as the bonobo - Pan paniscus). Genetic, anatomical, behavioural and cognitive traits make this genus a parsimonious role model for human evolution. Chimpanzees live in large and hierarchized groups. Life in groups holds many social challenges, Hereby we focus on two topics: competition and prosociality, as a consequence of life in groups. Study 1 aims to observe chimpanzees´ behaviour in contest competition situation in a controlled environment mediated by a touch-panel. The study focuses on understanding which individual is more likely to perform the task to obtain a reward and understanding other individuals‘ behaviour facing this contest competition scenario. The current study turned out to be a situation of male-male competition. The dominant individuals were not the ones that had performed for longer time. The dominant female rarely approach the booth area and the dominant male performed less than a juvenile male, Ayumu, son of the dominant female. Low ranking females took advantage and performed the task in the absence of Ayumu. The entrance of Ayumu in the enclosure where the experiment was ongoing increased the rate of agonistic behaviours. Results suggest that dominance is not the main factor accounting for the monopolization of the area, and Ayumu is the responsible for the increase of agonistic behaviours. Study 2 aimed to understand if chimpanzees are prosocial in an experimental situation mediated by a touch-panel and improve the old paradigms to test prosocial behaviour. 3 Mother-offspring dyads were requested to choose between, 3 choices across three different conditions: prosocial, mean-spirited and altruistic. Chimpanzees chose the prosocial option significantly above all the options in the three conditions and seemed to understand the function of the key prosocial and meanspirited key. In condition 3, when chimpanzees faced the dyadic choice of mean-spirited and altruistic continuously for 96 trials, altruistic choice was chosen more frequently by the juveniles compared to the mothers, as a strategy to avoid conflict with the mother. Results are discussed and compared to the previous studies.
Description: Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/31516
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese_Renata_Mendonça.pdf5.28 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

106
checked on Feb 11, 2020

Download(s)

101
checked on Feb 11, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.