Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31511
Title: A parentalidade na perspetiva do mindfulness:estudo do papel mediador da vinculação aos pais na relação entre a parentalidade mindful e a qualidade de vida de crianças e adolescentes
Authors: Medeiros, Catarina Rosa 
Orientador: Canavarro, Maria Cristina
Moreira, Helena
Keywords: Parentalidade; Mindfulness; Qualidade de vida; Vinculação parental
Issue Date: 2015
Serial title, monograph or event: A parentalidade na perspetiva do mindfulness:estudo do papel mediador da vinculação aos pais na relação entre a parentalidade mindful e a qualidade de vida de crianças e adolescentes
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo tem como principal objetivo explorar se a parentalidade mindful de ambos os pais está associada a uma melhor qualidade de vida das crianças e adolescentes, através da vinculação aos pais, e se estas relações são moderadas pela idade das crianças e adolescentes. Além disso, pretende investigar a existência de diferenças entre pais e mães de crianças e adolescentes nos níveis de parentalidade mindful e entre crianças e adolescentes na vinculação e na qualidade de vida. Método: Foram incluídas 243 tríades familiares, constituídas por uma criança ou adolescente (dos 8 aos 19 anos) e ambos os pais. A amostra foi recolhida em contexto escolar e na comunidade geral e cada elemento da tríade preencheu um protocolo de avaliação com instrumentos de autorresposta. As crianças e adolescentes responderam às escalas KIDSCREEN-10 e Pessoas na Minha Vida, e os pais e mães preencheram a Escala de Mindfulness Interpessoal na Parentalidade e a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão. Resultados: Verificou-se que as mães reportaram níveis mais elevados de parentalidade mindful do que os pais, independentemente da idade dos filhos. Ascrianças reportaram uma vinculação mais segura aos pais e melhor qualidade de vida do que os adolescentes. Observou-se um efeito indireto entre a parentalidade mindful de pais e mães na qualidade de vida das crianças e adolescentes, através da vinculação destes aos seus progenitores. Estas relações não foram moderadas pela idade das crianças/adolescentes. Conclusões: Os resultados encontrados sugerem que a vinculação é um importante mecanismo explicativo da relação entre a parentalidade mindful e a qualidade de vida das crianças e adolescentes. O presente estudo reforça a importância da inclusão de conceitos e práticas que promovam uma parentalidade mindful em programas de treino parental. Uma vez que estas intervenções poderão ter um impacto positivo na vinculação das crianças e adolescentes aos seus pais e, consequentemente, na sua qualidade de vida, poderão ser pertinentes, não só em populações clínicas, como também na comunidade geral.
The present study aims to explore whether the associations between mindful parenting and quality of life of children and adolescents were mediated by attachment to their parents, as well as the moderating role of youth’s age on these associations. Moreover, it examined the differences between mothers and fathers on their mindful parenting levels, and between children and adolescents on attachment and quality of life. Methods: The sample comprised of 243 triads, composed by a child or adolescent (aged 8-19) and both parents. The participants were recruited from scholar settings and general population and completed several self-report instruments. Children and adolescents completed KIDSCREEN-10 and People in My Life, and parents completed the Portuguese versions of the Interpersonal Mindfulness in Parenting Scale and Hospital Anxiety and Depression Scale. Results: Mothers reported higher levels of mindful parenting than fathers. Children reported a more secure attachment and higher quality of life. Attachment mediated the indirect effect between mindful parenting of both parents and the quality of life of children and adolescents, and these associations were not moderated by the children’s age. Conclusions: Our findings suggest that attachment is an important mechanism linking mindful parenting to children and adolescents’ quality of life. The current study highlights the importance of including mindful parenting practices on parental training programs. Because these interventions will have a positive impact in attachment and quality of life of children and adolescents, it may be useful not just for clinical populations, but also for general community
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde), apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/31511
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação Catarina Medeiros.pdf694.96 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

1,599
checked on Dec 11, 2019

Download(s) 50

383
checked on Dec 11, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.