Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30089
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCunha, Eugénia-
dc.contributor.advisorVasconcelos, Clara-
dc.contributor.authorLemos, Maria Sousa Magalhães de Sousa-
dc.date.accessioned2015-12-07T15:43:47Z-
dc.date.available2015-12-07T15:43:47Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationLemos, Maria Sousa Magalhães de Sousa-Ensinar e aprender evolução humana. Um estudo centrado na aprendizagem baseada na resolução de problemas. Coimbra, 2015. Tese de Mestrado.por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/30089-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Evolução e Biologia Humanas, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.por
dc.description.abstractA evolução humana é uma área do conhecimento que conjuga evidências de várias disciplinas para abordar questões essenciais acerca de quem somos e de como nos tornámos o que somos. O tema é um excelente estudo de caso para o ensino da evolução no sentido lato, para além de desenvolver nos alunos uma nova apreciação do real parentesco entre toda a humanidade e promover um olhar crítico acerca de algumas representações sociais do significado da variação física. Porém, a temática é frequentemente negligenciada nos currículos escolares, resultando na persistência de várias conceções erróneas entre a população. Este trabalho pretendeu dar um contributo para o ensino e a aprendizagem da evolução humana em Portugal, investigando a possibilidade de aplicar uma metodologia de ensino centrada no aluno que utiliza situações-­‐problema como ponto de partida para a aquisição de novos conhecimentos -­‐ a Aprendizagem Baseada na Resolução de Problemas (ABRP) -­‐, à temática da evolução humana. Para tal, foram concebidos e elaborados recursos educativos referentes a 3 casos problemáticos direcionados a alunos do ensino secundário do curso de ciências e tecnologias. Pretendeu-­‐se também que estes recursos integrassem a perspetiva de ensino por investigação e promovessem uma visão adequada acerca da natureza da ciência. O caso 1 ("Em busca de fósseis de hominíneos no grande vale do Rift!") centra-­‐se na relação filogenética entre humanos e chimpanzés e no bipedismo como marca distintiva dos hominíneos. O caso 2 ("Outros humanos diferentes de nós") aborda a dispersão geográfico-­‐temporal das várias espécies de hominíneos, evidenciando a contemporaneidade dos humanos modernos com outros grupos humanos. O caso 3 ("Porque temos diferentes cores de pele?") centra-­‐se na diversidade e na evolução das cores da pele humana. Para aferir a qualidade científica e educacional dos recursos contruídos, realizou-­‐se um estudo de avaliação formativa que contou com 5 painéis de avaliadores, designadamente: doze estudantes de mestrado em "Ensino da Biologia e da Geologia no 3º ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário"; duas alunas do 11º ano de escolaridade; duas professoras de Biologia e Geologia; uma professora universitária especialista em ensino das ciências e na ABRP; e duas professoras universitárias especialistas em evolução humana. Para aferir a aplicabilidade prática dos recursos, estes foram testados com os dois primeiros painéis de juízes. Os 5 painéis de avaliadores foram unânimes em considerar que os recursos construídos apresentam elevada qualidade científica e educacional. Ainda assim, formularam críticas e sugestões que foram utilizadas para a posterior revisão dos materiais. A análise dos resultados mostrou que os recursos abordam temas relevantes para a literacia científica da evolução humana, promovem a realização eficaz de aprendizagens e permitem a correção de conceções erróneas. Também foi mencionado que apresentam rigor e correção científicos e que são motivadores e adequados ao público-­‐alvo. Em termos educacionais, estão em conformidade com os princípios da ABRP e com a perspetiva de ensino por investigação, promovendo também uma visão adequada acerca da natureza da ciência, apesar ter sido sugerido o reforço deste aspeto. Realizadas todas as retificações, considera-­‐se que os recursos estão validados formativamente e aptos a serem utilizados em práticas educativas. Espera-­‐se que depois de devidamente divulgados, se tornem instrumentos úteis, passíveis de serem mobilizados quer em contextos não formais de ensino, quer em sala de aula, nomeadamente nas disciplinas de Biologia e Geologia do 11º ano e de Geologia do 12º ano de escolaridade.por
dc.description.abstractHuman evolution is a field of knowledge that combines evidence from several disciplines to address key questions about who we are and how we came to be. Indeed, it is an excellent case study for the teaching of biological evolution and students exposed to this theme develop a deeper understanding of the actual kinship between every human as well as a critical perspective of the social representations about the meaning of physical variation. However, this study area is often overlooked in school curricula, resulting in the persistence of several misconceptions among our population. This work aimed to contribute for the teaching and learning of human evolution in Portugal, by researching the possibility of applying a student-­‐centered instructional methodology that uses problems as departure points for the acquisition of new knowledge -­‐ Problem-­‐Based Learning (PBL) -­‐, to the theme of human evolution. To this end, educational resources of three problem-­‐cases were designed and developed, directed to a target audience composed of high school science students. These resources were also designed on the basis of an inquiry-­‐based perspective and intended to promote an adequate view of the nature of science. Case 1 ("In search of fossil hominins in the Great Rift Valley!") focuses on the phylogenetic relationship between humans and chimpanzees and, in particular, on bipedalism as one of the defining features of hominins. Case 2 ("Other groups of humans different from us") addresses the geographical and temporal distribution of hominin species, highlighting the coexistence of modern humans and other human groups. Case 3 ("Why do we have different skin colors?") focuses on the diversity and evolution of human skin colors. To assess the scientific and educational quality of these resources, they were subjected to a formative evaluation process which included five panels of evaluators, namely: twelve pre-­‐service teachers; two 11th grade high school students; two Biology and Geology high-­‐school teachers; an university professor expert in science education and PBL; and two university professors experts in human evolution. The pratical application of the educational resources was also tested with the first two panels of juries. The five panels of juries considered that the resources have high scientific and educational quality. Nevertheless, they also made comments and suggestions, which were used for their further revision and improvement. The results showed that the resources address topics that are relevant for the scientific literacy on human evolution, and promote the effective acquisition of knowledge and the correction of common misconceptions. They pointed out as well that they are scientific accurate, motivating and appropriate to the target audience. Educacionally, they follow the principles of PBL and inquiry-­‐based teaching and they promote an adequate view of the nature of science, although a suggestion was made to stenghten this aspect. After being revised, the educational resources are thus validated by formative evaluation and are now apt to be used for educational purposes. It is expected that after proper dissemination, they can become useful tools to be applied in both non-­‐formal educational contexts as well as in classrooms, particularly within 11th grade Biology-­‐Geology course and 12th grade Geology course.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectPaleoantropologiapor
dc.subjectRecursos educativospor
dc.subjectEnsino secundáriopor
dc.subjectEstudo de avaliaçãi formativapor
dc.titleEnsinar e aprender evolução humana : um estudo centrado na aprendizagem baseada na resolução de problemaspor
dc.typemasterThesispor
degois.publication.locationCoimbrapor
dc.peerreviewedYespor
dc.identifier.tid201670569-
item.languageiso639-1pt-
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Maria Lemos 2015.pdf72.73 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 50

413
checked on Dec 10, 2019

Download(s) 50

195
checked on Dec 10, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.