Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/27290
Title: Estudos de adsorção de CO2 gasoso em biocarvão (Biochar)
Authors: Dias, Carlos Manuel da Fonseca 
Orientador: Sobral, Abílio José Fraga do Nascimento
Keywords: Ambiente; Adsorção de dióxido de carbono; Biocarvão
Issue Date: Sep-2014
Citation: Dias, Carlos Manuel da Fonseca /Estudos de adsorção de CO2 gasoso em biocarvão (Biochar)
Abstract: Os elevados níveis actuais da concentração de CO2 na atmosfera terrestre constituem um enorme motivo de preocupação das populações e dos governos da maioria das nações a nível mundial. O seu efeito na alteração das condições de equilíbrio da natureza manifesta-se na promoção do fenómeno de efeito de estufa cuja consequência é traduzida no aquecimento global do planeta. Assim, a comunidade científica mundial coloca uma importância fulcral na procura de soluções para a resolução deste problema ambiental com a máxima urgência possível. Neste sentido, verifica-se que diversos investigadores têm focado o seu esforço e dedicação profissional na procura de materiais capazes de promover a remoção de CO2 da atmosfera terrestre podendo ainda funcionar como filtros ambientais na prevenção de emissões de gases de efeito de estufa em unidades industriais e terrenos agrícolas. No entanto, um dos principais desafios colocados ao sucesso desta iniciativa resulta da necessidade de viabilidade económica dos sistemas de captura e dos materiais desenvolvidos para o fim mencionado. Neste sentido, surge o interesse pela utilização de materiais naturais com características muito promissoras para a sua aplicação como sequestradores de CO2 e de outros gases de efeito de estufa. Deste modo, entre os diversos materiais naturais existentes, o biochar assume-se como uma alternativa natural e pouco dispendiosa e cujas propriedades físicas e químicas têm evidenciado uma enorme capacidade de captura e sequestro de CO2 em simultâneo com uma grande aplicabilidade agrícola. O uso de biochar na melhoria da produtividade agrícola acresce valor a este processo de Captura e Armazenamento de Carbono (Carbon Capture and Storage, CCS) representando a aplicação mais antiga deste material, visando o seu uso como aditivo agrícola, controlador de pragas, suporte de protecção à microflora e microfauna dos ecossistemas do solo e como corrector químico do pH deste último. Assim, o objectivo deste trabalho baseia-se no preenchimento de uma lacuna no conhecimento das vantagens de utilização deste material natural para a mitigação das alterações climáticas. Neste sentido, o presente trabalho dirige-se ao estudo da capacidade de adsorção de CO2 em duas amostras de biochar provenientes de fontes de biomassa totalmente distintas: madeira de pinheiro e choupo (amostra de biochar PG) e lamas de digestores anaeróbios de uma Estação de Tratamento de Águas Residuais, ETAR (amostra de biochar FL). No sentido de ampliar o âmbito deste trabalho procedeu-se ainda ao estudo das amostras de biochar acima indicadas após a adição de diferentes fertilizantes vulgarmente utilizados na prática agrícola e que poderiam alterar a capacidade de cada tipo de biochar para a captura e o sequestro de CO2 no solo. Carlos M. F. Dias Resumo DQ-FCTUC x A discussão centrou-se pois na interpretação das diferenças na capacidade de adsorção de CO2 dos dois tipos de biochar utilizados em função da sua natureza morfológica, bem como, da sua cristalinidade, composição química e presença de grupos funcionais. De modo a compreender e interpretar o comportamento das diferentes amostras de biochar utilizadas procedeu-se então à caracterização das mesmas com recurso a diversas técnicas analíticas espectroscópicas e microscópicas. Os principais resultados obtidos da realização deste trabalho permitem afirmar que a natureza dos dois tipos de biochar estudados, (biochar PG e biochar FL), contribui decisivamente para um comportamento distinto das mesmas no que diz respeito à sua capacidade de adsorção de CO2. Assim, as amostras de biochar PG evidenciam uma capacidade de captura e sequestro de CO2 muito elevada em comparação com as amostras de biochar FL, sendo que, em ambos os casos, a adição de um fertilizante traduz-se num efeito de redução da capacidade de captura de CO2 mas à simultânea intensificação da sua capacidade de sequestro do CO2. As principais conclusões do trabalho apontam para a selecção do tipo de biochar PG como o melhor material estudado para aplicação em sistemas de captura e sequestro de CO2. Além disso, a adição de um material fertilizante melhora apenas a sua capacidade de retenção de CO2. A interpretação dos resultados experimentais obtidos do uso das diversas técnicas analíticas de caracterização destas duas qualidades de biochar foi cuidadosamente realizada e fundamenta a explicação do seu diferente desempenho para a captura e sequestro de CO2. De acordo com a finalidade deste trabalho o presente documento encontra-se dividido em seis capítulos. No Capítulo I são enunciadas as características do dióxido de carbono como substância química alvo do estudo a realizar, bem como, as diferentes tecnologias actualmente disponíveis para a remoção de CO2 de diversas fontes emissoras, tais como, as diferentes indústrias e a própria atmosfera. Neste capítulo procede-se ainda à descrição da origem e natureza do biochar enquanto material natural, assim como, as diferentes técnicas de produção deste tipo de material. O Capítulo II fornece a informação necessária para a completa compreensão do objectivo deste trabalho procedendo-se ainda à descrição do plano de trabalho que lhe está subjacente. O Capítulo III remete para a descrição do procedimento experimental efectuado no decurso da preparação das amostras utilizadas, bem como, na descrição sumária das diversas técnicas e equipamentos utilizados para a caracterização das amostras de biochar analisadas. O Capítulo IV dirige-se à apresentação e discussão dos diversos resultados experimentais obtidos. A discussão destes resultados é baseada na informação extraída da aplicação das diversas técnicas de caracterização analítica por microscopia e espectroscopia, assim como, de algumas fontes bibliográficas da literatura científica recente nos tópicos em causa. Neste capítulo procede-se à interpretação do comportamento do material presente em Carlos M. F. Dias Resumo DQ-FCTUC xi todas as amostras de biochar utilizadas no sentido de compreender e explicar as diferenças observadas na capacidade de adsorção de CO2 pelas mesmas. Por fim, no Capítulo V estabelecem-se as principais conclusões deste trabalho baseadas na interpretação da análise dos resultados experimentais obtidos e das indicações da literatura existente. Por outro lado, enuncia-se um conjunto de perspectivas futuras do presente trabalho indicando alguns caminhos de investigação a seguir no sentido de aprofundar o conhecimento científico do uso de biochar como material natural de melhoramento da qualidade dos solos e de agente mitigador das alterações climáticas.
URI: http://hdl.handle.net/10316/27290
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Química - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Mestrado Carlos Dias.pdf4.03 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

439
checked on Jul 1, 2020

Download(s) 50

546
checked on Jul 1, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.