Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/26796
Title: Síntese de Novos Penicilanatos Espirocíclicos
Authors: Santos, Bruna Cecília Suzano dos 
Orientador: Pinho e Melo, Teresa M. V. D.
Keywords: Beta-lactamas; Compostos espirocíclicos; Penicilanatos; Reacções de ciclo-adição; Actividade antiviral; Contracção do anel
Issue Date: 9-Dec-2014
Citation: SANTOS, Bruna Cecília Suzano dos - Síntese de novos penicilanatos espirocíclicos. Coimbra : [s.n.], 2014. Tese de doutoramento. Disponível na WWW: <URL:http://hdl.handle.net/10316/26796>.
Abstract: O trabalho descrito nesta tese de doutoramento teve como principal objectivo a síntese de novos penicilanatos espirocíclicos quirais. Este propósito foi alcançado através do estudo da reactividade de 6-diazopenicilanatos e de 6-alquilidenopenicilanatos, em reacções de ciclo-adição.
Numa fase inicial, foi explorada a ciclo-adição 1,3-dipolar de 6-diazopenicilanatos com diferentes dipolarófilos, como via para a preparação selectiva de novas espiro-β-lactamas quirais. Os 6-diazopenicilanatos reagiram com dipolarófilos tais como, acrilonitrilo, acrilatos e metil vinil cetona, para conduzir à formação de espiro-2-pirazolina-β-lactamas. Por outro lado, as reacções de ciclo-adição de 6-diazopenicilanatos com maleimidas N-substituídas e alquinos deficientes em electrões resultaram em espiro-1-pirazolina-β-lactamas e espiro-3H-pirazole-β-lactamas, respectivamente. A estereosselectividade observada nestas reacções foi explicada considerando que o produto maioritário resulta da adição pelo lado α da β-lactama, com menor impedimento estéreo. A reacção de eliminação de azoto sob irradiação de micro-ondas, a partir das espiro-1-pirazolina-β-lactamas obtidas, permitiu a síntese estereosselectiva de novos espirociclopropilpenicilanatos. Com o objectivo de esclarecer a estereosselectividade observada nesta reacção, foram efectuados estudos computacionais que fundamentaram a proposta mecanística para esta reacção, envolvendo como intermediário um birradical de cadeia aberta.
O estudo da reactividade de 6-alquilidenopenicilanatos para a obtenção de espiropenicilanatos foi outra das abordagens investigadas, tendo sido exploradas duas vias, nomeadamente reacções de ciclo-adição [3+2] formal com alenoatos e reacções de ciclo-adição 1,3-dipolar com diferentes compostos diazo. A reacção de ciclo-adição [3+2] formal de 6-alquilidenopenicilanatos com alenoatos catalisada por fosfinas, conduziu à preparação de espirociclopentenilpenicilanatos quirais. A síntese deste novo tipo de espiro-β-lactamas quirais, que representa o primeiro exemplo deste tipo de reactividade entre alenoatos e 6-alquilidenopenicilanatos, envolveu a formação de compostos com dois ou três novos centros quirais consecutivos, incluindo um centro quiral quaternário. Embora esta metodologia apresente elevada diastereosselectividade,a regiosselectividade observada depende da natureza do metilenopenicilanato e do tipo de substituinte-γ do alenoato.
Os resultados obtidos no estudo de penicilanatos a funcionar como 1,3-dipolos em reacções de ciclo-adição 1,3-dipolar, levaram-nos a analisar o comportamento de penicilanatos actuando como dipolarófilos neste tipo de reacções, com diferentes compostos diazo. Assim, a reacção 1,3-dipolar de 6-alquilidenopenicilanatos com difenildiazometano, fenildiazometano ou diazometano conduziu à síntese estereosselectiva de espiropirazolinapenicilanatos quirais, que sofrem reacção de contracção de anel sob irradiação de micro-ondas, resultando na preparação de espirociclopropil-β-lactamas. Neste caso, o processo de formação do ciclopropano foi estereoespecífico, indicando o envolvimento de um mecanismo concertado.
Finalmente, procedeu-se à avaliação da actividade biológica de alguns dos compostos descritos nesta tese. Verificou-se que nenhum dos compostos testados demonstra actividade antibacteriana, nem actividade de inibição de β-lactamases, no entanto, três dos compostos testados possuem potente actividade de inibição do vírus de imunodeficiência humana, em concentrações muito baixas.
Em síntese, as metodologias propostas no decurso desta tese conduziram à obtenção de diversos penicilanatos espirocíclicos quirais, uma nova classe de compostos com propriedades excepcionais de inibição do vírus de imunodeficiência humana.
Description: Tese de doutoramento em Química, apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/26796
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Química - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Bruna Santos 2009130280 Final.pdf14.55 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

142
checked on Feb 25, 2020

Download(s)

113
checked on Feb 25, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.