Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/26124
Title: Confiança interpessoal nos pares em contexto de grupo-turma e crenças de confiança generalizadas: estudo exploratório com uma turma do 5º ano de escolaridade
Authors: Silva, Daniela Alves Nunes e 
Orientador: Brêda, Maria São João de Castilho
Dias, Maria da Luz Vale
Keywords: Confiança Interpessoal em crianças; Confiança
Issue Date: 2012
Serial title, monograph or event: Confiança interpessoal nos pares em contexto de grupo-turma e crenças de confiança generalizadas: estudo exploratório com uma turma do 5º ano de escolaridade
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo teve por base o modelo BDT (Bases Domínios e Alvos) da Confiança Interpessoal de Rotenberg (Rotenberg, 2010) para a abordagem a este constructo. Teve como objetivo principal obter dados, explorar e comparar resultados, com uma amostra de crianças portuguesas dos 10 aos 12 anos, para o estudo de associação de duas medidas de confiança interpessoal em crianças, a versão portuguesa da Escala de Crenças Generalizadas de Confiança Interpessoal, originalmente da autoria de Rotenberg et. al. (2005), CGTBS, versão portuguesa de 24 itens (Breda & Vale-Dias, 2012), e a tarefa adaptada do Dilema do Prisioneiro (Rotenberg et. al., 2002) com o intuito de contribuir para a validação da Escala CGTBS na sua Subescala de Alvo Pares. Deste modo, se pretende estudar a associação de medidas de confiança interpessoal que envolvem diferentes facetas do modelo, bem como diferenças na dimensão que caracteriza os alvos (generalizado versus específico). Um segundo objetivo consistiu em analisar a relação das crenças generalizadas das crianças com o grau de reciprocidade de confiança que estabelecem com os seus pares específicos no grupo-turma: serão as crianças que têm mais confiança recíproca nos pares diferentes das que manifestam menos confiança recíproca nos pares da turma, no plano das crenças generalizadas? O estudo empírico teve um carácter exploratório: privilegiou a descrição de padrões nos dados e a identificação de métodos apropriados a um estudo de mais larga escala. A amostra foi constituída por uma turma de alunos do 5º ano de escolaridade (16 alunos) (Turma 1) e 5 alunos de uma turma PCA (turma 2). As análises realizadas às qualidades e características das medidas, incluíram, fidelidade e estatísticas descritivas. No estudo da associação das medidas e da relação com a reciprocidade, foram privilegiados métodos exploratórios: Procedeu-se à identificação de Clusters com base nos scores tanto da tarefa do Dilema do Prisioneiro como da Reciprocidade obtida nessa mesma tarefa, seguidamente fez-se a caracterização desses grupos / clusters nas suas pontuações de crenças generalizadas de confiança interpessoal obtidos a partir da Escala CGTBS (medidas de tendência central e de dispersão). Foram assinalados e ilustrados os métodos inferenciais e respetivos testes: correlações, comparação de medida central entre grupos, teste à igualdade da variância entre grupos. Observou-se que a escala CGTBS portuguesa possui para a amostra em apreço um nível de fidelidade elevado. Não se verificou, no entanto, tendência de relação linear entre os scores das duas medidas, o que levou à consideração de uma nova abordagem e ao levantamento de novas hipóteses, relativamente à natureza da relação entre as medidas. Do mesmo modo, a relação prevista nas hipóteses entre confiança recíproca nos pares específicos na turma por um lado, e as crenças generalizadas de confiança interpessoal, por outro lado, não é suportada completamente pela tendência observável nos dados, mas salienta-se um padrão em que o nível de reciprocidade intermédio, e não o mais alto, apresenta valores moderados e positivos de confiança interpessoal.
The present study is based on Rotenberg’s BDT Model of Interpersonal trust (Rotenberg, 2010) as a framework of research on the issue. The main purpose of the work is to obtain and compare results on the association of two measures of interpersonal trust, the Portuguese version of the Generalized Children Interpersonal trust Scale (Breda & Vale-Dias, 2012) after the original version of Rotenberg et. al. ( 2005) and the task adapted from the Prisoner's Dilemma for trust in specific peers, classmates (Rotenberg et. al., 2002), with a Portuguese sample of children aged from 10 to 12 years. Results are to be compared with those obtained in Rotenberg et. al. (2002). This study aims to contribute to the validation of the Scale for the CGTBS target peers, compares measures of interpersonal trust involving different facets of the model as well as differences in the target dimensions (different targets; targets ranging from general to specific).A second goal was to understand the correlates at the level of generalized trust beliefs, of reciprocal trust in classmates in children: do children with more reciprocal trust in specific classmates differ in terms of generalized beliefs, from those who display less reciprocal trust in their classmates? The empirical study was exploratory, aimed at identifying patterns in the data, comparing them to the hypotheses and identifying appropriate methods for a larger study. The respondents sample was a group of students from a 5th grade class (16 children). Data were analyzed in regard to reliability of the measures and descriptive statistics for our sample. Cluster analysis was performed both on the basis of the scores on the Prisioner’s Dilemma Task, and on the reciprocal trust in this task, and the obtained groups / clusters were described and compared in regard to their generalized trust beliefs scores (central tendency and dispersion indicators). The results suggested that the Portuguese CGTBS scale displays a high level of reliability for the sample under consideration. The linear association between the two trust measures failed to show as a tendency, which led to consideration of new hypotheses and new approaches to understand the relation between the measures. In the same vein, the hypothesized relation between reciprocal trust in specific peers (classmates) and generalized trust beliefs was not observed as expected, instead, a pattern is found in which intermediate level of reciprocity, and not the highest, displays moderate and positive levels of generalized trust beliefs.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia da Educação, Desenvolvimento e Aconselhamento, apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/26124
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Daniela Silva.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

814
checked on May 27, 2020

Download(s)

6
checked on May 27, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.