Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/25065
Title: Desenvolvimento de novos biossensores para eletroencefalografia baseados em poliuretano revestido com TiAgx
Authors: Gomes, Leonel André da Silva 
Orientador: Fonseca, Carlos
Cavaleiro, Albano
Keywords: Eléctrodos; Electroencefalograma; Poliuretanos
Issue Date: Jul-2012
Citation: Gomes, Leonel André da Silva - Desenvolvimento de novos biossensores para eletroencefalografia baseados em poliuretano revestido com TiAgx. Coimbra, 2012.
Abstract: Contextualização/Objetivo: O electroencefalograma é o registo do sinal eléctrico formado no escalpe pela ação dos neurónios. Este registo é adquirido pela colocação de eléctrodos sobre o escalpe ou, de uma forma mais invasiva, sobre o córtex. Do ponto de vista comercial, os eléctrodos devem apresentar/cumprir determinadas características de modo a evitar a danificação dos tecidos, a apresentar baixas impedâncias na gama de frequências pretendidas e serem economicamente acessíveis. Estas características têm vindo a ser testadas em diferentes materiais de modo a ultrapassar as desvantagens dos eléctrodos convencionais como a aplicação de géis, a necessidade de preparação da pele e o elevado preço. O objetivo desta dissertação consiste na produção de um eléctrodo seco multipino de poliuretano revestido com uma liga de titânio com prata. Este conceito baseia-se essencialmente na obtenção de um eléctrodo barato, com baixa impedância e uma superfície abrangente e estável de contacto sobre o escalpe sem a necessidade de preparação da pele ou aplicação de um gel. O estudo do efeito da deposição de uma intercamada de prata física e quimicamente, também foi efetuado de modo a verificar-se a existência ou não de melhorias referentes à adesão, condutividade, desgaste e aparecimento de fraturas. Método: Os filmes de TiAgx foram depositados por pulverização catódica (PVD) a partir de 2 alvos: um de titânio (99,99%) e outro de titânio (99,99%) incrustado com 5 pastilhas de prata (99,99%) na zona de erosão preferencial. A variação da potência aplicada a cada um dos alvos permitiu obter filmes com teores de Ag na gama [0-40%at.]. Foi testada a influência na condutividade elétrica de filmes com intercamadas de prata produzidas por duas técnicas diferentes: electroless plating e pulverização catódica com um alvo de prata (99,99%). A caracterização incidiu em quatro filmes com diferentes teores atómicos de prata relativamente à composição química, estrutura, morfologia, propriedades mecânicas, condutividade eléctrica e análises eletroquímicas. Por fim, o filme que reuniu as melhores condições foi usado para a execução de testes in vivo. Resultados: Os resultados demonstraram diferenças consideráveis a nível da estrutura, morfologia e propriedades mecânicas entre os filmes produzidos. A adição de prata promoveu o aumento do tamanho de grão do titânio, bem como o aparecimento de estruturas nanocristalinas referentes a um composto TiAgx. O aumento deste teor provocou também a diminuição da dureza, do módulo de elasticidade e da resistividade eléctrica do revestimento. A deposição de uma intercamada de prata tanto física como quimicamente melhorou de uma forma acentuada a adesão e durabilidade do filme assim como a sua condutividade elétrica. Este facto deve-se essencialmente à elevada afinidade da prata com os grupos amida do poliuretano e com o revestimento metálico, combinada com RESUMO iii a elevada ductilidade da prata. Os estudos eletroquímicos relevaram baixas impedâncias e grande estabilidade eletroquímica por parte do eléctrodo revestido com Ti10Ag. A nível do ruído verificaram-se valores próximos ou até mesmo inferiores ao ruído adquirido pelo elétrodo comercial. Os testes in vivo permitiram a visualização de um sinal parecido ao sinal adquirido por um elétrodo Ag/AgCl, cumprindo o objetivo do projeto. Palavras- Chave: EEG; Poliuretana; PVD; Multipino; elétrodos; filmes finos
URI: http://hdl.handle.net/10316/25065
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Física - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Leonel Gomess.pdf85.1 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

295
checked on Mar 31, 2020

Download(s) 20

543
checked on Mar 31, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.