Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/21492
Title: Tradução e validação para a língua portuguesa da escala "Collaborative parent involvment scale"
Authors: Pereira, Maria Goreti Fontes de Magalhães de Oliveira 
Orientador: Ferreira, Pedro Lopes
Sousa, Fernando Ferraz de
Keywords: Adolescentes; Diabetes tipo1; Doença crónica; Apoio parental; Escala de avaliação
Issue Date: 11-Dec-2012
Publisher: FEUC
Citation: Pereira, Maria Goreti Fontes de Magalhães de Oliveira - Tradução e validação para a língua portuguesa da escala "Collaborative parent involvment scale". Coimbra, 2012.
Abstract: A diabetes mellitus é a terceira doença crónica mais frequente nos adolescentes e caracteriza-se por hiperglicemia crónica resultante de defeito na secreção de insulina, na ação da insulina ou de ambas . O seu tratamento tem como objectivo promover um bom controlo glicémico e desenvolvimento biopsicossocial normal. É um tratamento complexo, que passa pelo equilíbrio entre a administração de insulina várias vezes ao dia, a pesquisa frequente dos valores de glicemia no sangue, uma alimentação equilibrada e o exercício físico. Consistindo a gestão do tratamento na criança da responsabilidade dos pais, espera-se do adolescente a aquisição progressiva do controlo da sua diabetes. No entanto, os factores familiares são parte integrante da gestão da diabetes, pois altos níveis de coesão familiar, concordância sobre a gestão das responsabilidades, comportamentos de suporte ou colaboração na resolução de problemas, estão associados a uma melhor adesão aos cuidados e a um melhor controle glicémico. Compreendendo a importância da família na gestão da diabetes, o presente estudo teve como objectivo principal, medir o apoio que os adolescentes portadores de diabetes tipo 1 sentem dos pais, na gestão da sua doença. Para tal, procurámos na bibliografia a existência de algum instrumento que permitisse esta avaliação e tivemos conhecimento de uma escala americana, a escala CPIS – Collaborative Parent Involvment Scale, que é um instrumento de avaliação do envolvimento colaborativo dos pais de adolescentes com diabetes tipo 1. Neste estudo procedeu-se à adaptação semântica e linguística da escala CPIS para a língua portuguesa e posteriormente procedeu-se à sua validação. Para tal recorreu-se a uma amostra de 105 adolescentes, de ambos os sexos, com diabetes tipo 1 que aceitaram participar neste estudo, seguidos nas Consultas Externas de Endocrinologia vi do Hospital Distrital da Figueira da Foz, E.P.E., Hospital Pediátrico de Coimbra, Hospital Infante D. Pedro, E.P.E. (Aveiro) e Hospital de Santo André, E.P.E. (Leiria). Utilizou-se simultaneamente a versão traduzida da escala CPIS, o PedsQL – Inventário sobre a Qualidade de vida Adolescente e foram questionados alguns dados sociodemográficos e clínicos dos adolescentes e pais. A análise dos dados recolhidos revelou índices de fidelidade elevados e relativamente aos estudos de validade, índices de consistência interna para o global da escala considerados muito bons. Permitiu ainda observar que os adolescentes da amostra percecionavam um envolvimento parental, relativamente à sua diabetes, elevado.
Description: Dissertação de mestrado em Gestão e Economia da Saúde, apresentada à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, sob a orientação de Pedro Lopes Ferreira, Fernando Ferraz de Sousa.
URI: http://hdl.handle.net/10316/21492
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Final Goretti Fontes.pdf1.71 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

391
checked on Nov 12, 2019

Download(s)

84
checked on Nov 12, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.