Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/20695
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorAlbuquerque, Sara-
dc.contributor.authorPereira, Marco-
dc.contributor.authorFonseca, Ana-
dc.contributor.authorCanavarro, Maria Cristina-
dc.date.accessioned2012-09-17T15:24:50Z-
dc.date.available2012-09-17T15:24:50Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/20695-
dc.description.abstractContexto: A ocorrência de diagnóstico pré- ou pós-natal de anomalia congénita (AC) num filho pode implicar mudanças na dinâmica e funcionamento da família, bem como ter um importante impacto no ajustamento individual dos pais. Objetivos: Este estudo teve como objetivos avaliar a sobrecarga parental e ajustamento individual de pais de crianças com um diagnóstico de AC e compreender a variabilidade da adaptação dos pais (sobrecarga e ajustamento individual) em função dos determinantes da criança. Métodos: A amostra foi constituída por 124 participantes (62 casais), pais de crianças com um diagnóstico de AC. O protocolo de avaliação incluiu a Escala de Impacto Familiar, o Brief Symptom Inventory, e o instrumento de avaliação de qualidade de vida da Organização Mundial de Saúde (WHOQOL-Bref). Resultados: As mães reportaram maiores níveis de sintomatologia psicopatológica e menor perceção de qualidade de vida. Encontraram-se ainda efeitos significativos dos determinantes da criança, nomeadamente da idade da criança no ajustamento paterno e da perceção de gravidade da anomalia no ajustamento paterno e na sobrecarga materna. O conhecimento do diagnóstico após o nascimento e as anomalias cromossómicas mostraram-se, em ambos os pais, correlacionados com maior perceção de sobrecarga global e financeira. Conclusão: Os resultados salientam a complexidade do ajustamento dos pais ao diagnóstico de anomalia congénita de um filho, na qual interagem diversos fatores, em particular os associados com o diagnóstico da criança.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherFaculdade de Medicina da Universidade de São Paulopor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectImpacto familiarpor
dc.subjectAnomalia congénitapor
dc.subjectAdaptação parentalpor
dc.titleImpacto familiar e ajustamento de pais de crianças com diagnóstico de anomalia congénita: Influência dos determinantes da criançapor
dc.typearticlepor
degois.publication.firstPage136por
degois.publication.lastPage141por
degois.publication.issue4por
degois.publication.titleRevista de Psiquiatria Clínicapor
dc.peerreviewedYespor
degois.publication.volume39por
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
item.fulltextCom Texto completo-
crisitem.author.researchunitCenter for Research in Neuropsychology and Cognitive Behavioral Intervention-
crisitem.author.researchunitCenter for Research in Neuropsychology and Cognitive Behavioral Intervention-
crisitem.author.researchunitCINEICC – Center for Research in Neuropsychology and Cognitive and Behavioural Intervention-
crisitem.author.researchunitCenter for Research in Neuropsychology and Cognitive Behavioral Intervention-
crisitem.author.orcid0000-0003-0687-1352-
crisitem.author.orcid0000-0002-6086-2329-
crisitem.author.orcid0000-0003-1395-1406-
crisitem.author.orcid0000-0002-5083-7322-
Appears in Collections:FPCEUC - Artigos em Revistas Internacionais
I&D CINEICC - Artigos em Revistas Internacionais
Files in This Item:
File Description SizeFormat
2012 Impacto familiar e ajustamento de pais de crianças com diagnóstico AC.pdf130.33 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 5

1,406
checked on Dec 21, 2021

Download(s) 50

480
checked on Dec 21, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.