Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/17855
Title: Hipertexto como Metalivro
Authors: Portela, Manuel 
Keywords: Hipertexto; Edição electrónica; Literatura digital
Issue Date: May-2003
Publisher: Coimbra Capital Nacional da Cultura
Abstract: A reprodução electrónica e a criação de redes de servidores e de computadores pessoais permitiu criar scriptoria digitais em que autores e leitores colaboram na produção de hipertextos e hiperligações, associando formas textuais fora do horizonte definido pela reprodução tipográfica. O desenvolvimento de aplicações gráficas e de processamento de texto diversas permitiu o surgimento de formas específicas de textualidade digital. Este ensaio segue dois trajectos cruzados: o trajecto definido pela transposição de formas bibliográficas para o meio digital, em particular através de edições electrónicas e de arquivos em linha de obras do património literário, que designo hiperedição; e o trajecto definido pela utilização dos recursos do ambiente digital para a produção literária, que designo hiperpoesia e hiperficção. Ambos os trajectos parecem convergir no metalivro, isto é, na criação de uma forma que expõe e transcende numa segunda ordem de representação a semiótica particular do códice, reconstelando as relações textuais num espaço não coincidente com a ordem bibliográfica.
URI: http://www.ciberscopio.net/artigos/tema2/clit_05.pdf
http://hdl.handle.net/10316/17855
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Estudos Anglo-Americanos - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MP_Hipertexto_como_Metalivro_(2003).pdf835.71 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

454
checked on Jul 16, 2019

Download(s) 20

832
checked on Jul 16, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.