Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/17826
Title: A influência da prática regular de exercício físico na percepção da qualidade de vida de idosos do género feminino
Authors: Cruz, Maria Helena Lopes da 
Orientador: Ferreira, José Pedro Leitão
Keywords: Idosos--qualidade de vida; Actividade física--idoso
Issue Date: 2009
Abstract: As investigações científicas têm reconhecido os benefícios psicossociais da prática regular de exercício físico na melhoria da qualidade de vida dos idosos, nomeadamente ao nível do bem-estar subjectivo. No entanto, estes estudos, para além de escassos, apresentam inúmeras limitações e os resultados são inconstantes. O presente estudo pretende, por um lado, testar a estrutura hierárquica, fidedignidade e validade do instrumento de medida PSPPp (versão portuguesa do Physical Self-Perception Profile) na população idosa portuguesa. O PSPP é um instrumento de medida que mede as auto-percepções no domínio físico e foi desenvolvido por Fox e Corbin em 1989, a pensar nas populações mais jovens, pelo que necessita de adaptações particulares para poder ser aplicado em populações idosas. Recentemente, Fox, Stathi, McKenna (2007) propuseram a versão clínica do PSPP (PSPP-SC) especificamente adaptada à população idosa. Neste estudo foi aplicada a versão portuguesa desse instrumento, identificada como PSPPp-VCR (Physical Self-Perception Profile – versão clínica reduzida). Simultaneamente, este estudo pretende averiguar o efeito psicológico da prática de exercício físico na qualidade de vida dos idosos, através da avaliação das seguintes variáveis: Satisfação com a Vida em Geral, Satisfação com a Vida no Momento, Percepção de Stress, Auto-estima Global e Auto-percepção Física. Resultados: O PSPPp-VCR foi administrado a 237 idosos (129 do género feminino e 108 do género masculino) com uma média de idades de 74, 857,66. Os valores médios dos sub-domínios do PSPPp-VCR são mais elevados no género masculino do que no género feminino. A análise dos componentes principais apresentou um resultado de seis factores para o grupo feminino e de cinco factores para o grupo masculino. As variáveis Atracção Corporal e Força Física no grupo feminino e Atracção Corporal e Saúde Física no masculino foram claramente identificadas. Os valores de alpha de Cronbach variam entre 0,62 e 0,76 no género feminino e entre 0,62 e 0,85 no género masculino, mostrando uma aceitável a boa consistência interna. As correlações bivariada de Pearson e parciais não confirmam a estrutura hierárquica do modelo, na qual a Auto-valorização Física actuaria como um mediador entre os sub-domínios do PSPPp-VCR e a Auto-estima Global. Contudo, esta organização hierárquica foi identificada no género feminino. As regressões mostram que as variáveis Funcionalidade, Força Física e Atracção Corporal explicam 38,9% para o género feminino e 65,6% para o género masculino do total da variância. No que respeita ao efeito da prática de exercício físico, não foram encontradas diferenças nos valores médios da Satisfação com a Vida no Momento, nem da Auto-estima Global entre os grupos praticante e não-praticante. O grupo praticante apresenta valores médios de Percepção de Stress mais elevados e o grupo não praticante apresenta valores médios de Satisfação com a Vida em Geral mais elevados. Os resultados demonstraram ainda uma relação positiva entre a prática de exercício físico e a percepção que os idosos formam de si próprios no domínio físico particularmente nos sub-domínios Funcionalidade, Força Física e Atracção Corporal. Conclusões: Novas investigações e novas adaptações são necessárias para adequação do PSPPp-VCR à população idosa portuguesa, nomeadamente a revisão dos sub-domínios Funcionalidade e Competência Desportiva. Parece haver uma relação fraca ou mesmo nenhuma relação entre a prática de exercício físico e a sua influência nas alterações psicológicas do bem-estar subjectivo das idosas em estudo.
Description: Dissertação de mestrado em Exercício e Saúde em Populações Especiais (Ciências do Desporto e Educação Física), apresentada à Fac. de Ciências do Desporto e Educação Física da Univ. de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/17826
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TeseMest_ESPE_09.pdf4.43 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

245
checked on Oct 20, 2021

Download(s) 50

229
checked on Oct 20, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.