Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/17719
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMiguéis, Ana-
dc.contributor.authorSilva, Ana Luísa-
dc.contributor.authorNeves, Bruno-
dc.contributor.authorTrindade, Álvaro-
dc.contributor.authorBernardes, José Augusto Cardoso-
dc.date.accessioned2011-11-28T14:45:33Z-
dc.date.available2011-11-28T14:45:33Z-
dc.date.issued2011-11-25-
dc.identifier.citationMIGUÉIS, Ana [et al.] - O papel do Estudo Geral, repositório institucional da Universidade de Coimbra, na gestão das Provas Científicas e Académicas [em linha]. Rio de Janeiro : [s.n], 2011. [Consult. Dia Mês Ano]. Disponível na WWW:<http://hdl.handle.net/10316/17719>-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/17719-
dc.descriptionComunicação apresentada à 2ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto (Rio de Janeiro| 24-25 de Novembro de 2011)por
dc.description.abstractO Estudo Geral (http://estudogeral.sib.uc.pt), o repositório digital da Universidade de Coimbra (UC), foi desenvolvido pelo Serviço Integrado das Bibliotecas da Universidade de Coimbra (SIBUC), cujo principal objectivo é a preservação e divulgação da produção científica dessa instituição. Apresentado ao público em Junho de 2008, a sua criação inseriu-se no movimento de acesso livre à literatura científica (Open Access), ao qual o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas aderiu em 2006. A Reitoria da Universidade de Coimbra subscreveu os princípios desse movimento no início de 2007, com o intuito, em geral, de promover a circulação do conhecimento científico e, em particular, de aumentar a sua presença na rede informática mundial, tornando-se cada vez mais um emissor de saber e de cultura capaz de chegar a todo o lado. Visando preservar o património intelectual, e em concordância com os princípios subscritos do movimento de acesso livre, a UC definiu e viu aprovada a sua Política de Acesso Livre, em 2010, que estabelece e assegura os procedimentos necessários à preservação dos conteúdos registados no Estudo Geral, e à garantia de acesso permanente aos materiais aí depositados. Para que essa política se concretizasse com sucesso, encetaram-se esforços para desenvolver estratégias comuns, em colaboração com outros serviços da Universidade, designadamente os Serviços de Gestão Académica. Os Serviços de Gestão Académica da UC - uma das unidades intervenientes na gestão da informação produzida na instituição - têm como missão o desenvolvimento e concretização de diversas matérias da actividade académica aplicando o "Regulamento Académico da Universidade de Coimbra". Relativamente à informação produzida no âmbito de provas académicas, é da sua responsabilidade o registo e arquivo no Estudo Geral de todas as teses de doutoramento, dissertações e relatórios de projecto/estágio de mestrado que tenham obtido aprovação, associando ao registo o respectivo texto integral. Actualmente, 38% da produção científica depositada corresponde a teses de doutoramento e dissertações de mestrado. O tratamento de documentos deste tipo assume uma grande importância na salvaguarda da memória intelectual da Universidade de Coimbra, desempenhando o SIBUC um papel decisivo na gestão, armazenamento e divulgação da produção científica arquivada no repositório da UC. Presentemente, o repositório institucional conta com 9204 documentos, dos quais 76% em acesso livre, e 24% em acesso condicionado, modalidade em que apenas se apresentam os metadados e há acesso, apenas parcial, aos documentos em formato digital. Esta percentagem significativa de acesso condicionado deve-se, essencialmente, a duas razões: por um lado à importação da base de dados de teses e dissertações da UC pertencente ao antigo Gabinete de Comunicação e Imagem, no qual faltavam os ficheiros em formato digital; e, por outro lado, à falta de autorização expressa da concessão dos direitos de divulgação por parte de alguns autores. O software de suporte do Estudo Geral é o DSpace, e o repositório institucional da UC encontra-se organizado de acordo com a estrutura orgânica da Universidade de Coimbra, enquadrando os diferentes níveis de dependência das unidades de topo e das sub-unidades orgânicas menores. A cada uma das comunidades ou sub-comunidades criadas estão associadas as colecções, que reflectem a tipologia documental. Pretende-se com esta comunicação dar a conhecer o trabalho que tem sido desenvolvido no quadro da gestão da informação científica e académica na UC, e as vantagens que dele decorrem, enfatizando o acréscimo significativo de documentos depositados em regime de acesso livre no Estudo Geral. Aproveitando a mesma plataforma informática, e com o duplo objectivo de facilitar o acesso e de promover a desmaterialização dos documentos, os Serviços de Gestão Académica e o SIBUC estabeleceram uma parceria para disponibilizar online a produção científica dos candidatos a Provas de Agregação e similares. A estrutura do Estudo Geral reflecte-se na criação das colecções solicitadas pelos Serviços de Gestão Académicos, e o processo de apresentação da documentação para provas académicas dá origem a uma "comunidade", que se subdivide em diversas colecções, designadas pelo nome dos candidatos. O acesso a cada uma dela é permitido apenas ao candidato e aos membros do júri e, uma vez terminadas as provas, essa documentação em formato digital passa a ser disponibilizada, no todo ou em parte, se o autor autorizar, no repositório institucional. Este procedimento foi recentemente alargado a outras "comunidades" como Provas de Doutoramento e Provas de Habilitação para o Exercício de Funções de Coordenação Científica. Cada uma dessas comunidades fica ordenada pelo nome dos candidatos, e, para cada um, a colecção de documentos organiza-se de acordo com a tipologia documental estabelecida. Foi assim alargada a cooperação interna entre serviços e facilitada a partilha de tarefas, prevendo-se, a breve trecho, a participação activa dos autores no processo de auto-arquivo da sua produção, em particular, na submissão dos trabalhos a serem defendidos. Por outro lado, representa uma forma de crescimento sustentável do número de documentos disponíveis no Estudo Geral, e na divulgação e acesso à produção científica dos autores, tanto os mais novos, como outros com maior currículo.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectRepositórios institucionaispor
dc.subjectAcesso Livrepor
dc.subjectEstudo Geralpor
dc.subjectGestão das Provas Científicas e Académicaspor
dc.subjectUniversidade de Coimbrapor
dc.titleO papel do Estudo Geral, repositório institucional da Universidade de Coimbra, na gestão das Provas Científicas e Académicaspor
dc.typeconferenceObjectpor
degois.publication.locationRio de Janeiropor
degois.publication.title2ª Conferência Luso-Brasileira sobre Acesso Abertopor
dc.peerreviewedYespor
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
crisitem.author.deptUniversidade de Coimbra-
crisitem.author.deptUniversidade de Coimbra-
crisitem.author.deptUniversidade de Coimbra-
crisitem.author.orcid0000-0003-2869-7754-
crisitem.author.orcid0000-0001-8166-4324-
crisitem.author.orcid0000-0002-8669-5514-
Appears in Collections:UC Bibliotecas - Comunicações
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Riodejaneiro2011.pdfDiapositivos511.15 kBAdobe PDFView/Open
Estudo Geral_SIBUC_2confOA.mp4Vídeo129.62 MBUnknownView/Open
Show simple item record

Page view(s) 50

236
checked on Aug 20, 2019

Download(s)

64
checked on Aug 20, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.