Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/15345
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSantos, Ana Luísa-
dc.date.accessioned2011-06-09T09:15:34Z-
dc.date.available2011-06-09T09:15:34Z-
dc.date.issued2007-
dc.identifier.citationSANTOS, Ana Luísa - Estácio da Veiga e os primórdios da Antropologia Física. "Xelb". ISSN 0872-1319. Nº 7 (2007) p. 239-243-
dc.identifier.issn0872-1319-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/15345-
dc.descriptionComunicação apresentada ao 4º Encontro de Arqueologia do Algarvepor
dc.description.abstractApós o reconhecimento da existência de fósseis humanos nas primeiras décadas do século XIX, com diversos achados no continente Europeu, em Portugal começavam, também, os estudos antropológicos com a discussão da antiguidade humana e da ocupação pré-histórica em território nacional. Na época dominavam as análises craniométricas, com grande in uência da escola francesa, designadamente sobre a morfologia das “raças” humanas. Este é o enquadramento teórico para a investigação em paleoethnologia de Estácio da Veiga que usufruiu da colaboração do médico Francisco Ferraz de Macedo, pioneiro da antropologia portuguesa. O trabalho de Estácio da Veiga retrata o conhecimento nos primórdios da antropologia física complementado com a sua visão crítica e interdisciplinar. Não esgotando os temas antropológicos retratados pelo investigador, o presente trabalho representa um subsídio para a interpretação dos habitantes das Antiguidades Monumentaes do Algarve.por
dc.description.abstractAfter the recognition of human fossils in the rst decades of the 19th century, with several discoveries in Europe, Portugal also started the discussion about human antiquity and prehistoric occupation of the Portuguese territory. At that time prevailed the craniometric analysis mainly related to “races” morphology, with a great in uence of the French school. This was the theoretical background of Estácio da Veiga research on paleoethnology. In the study of the human skulls recovered during the elaboration of the archaeological map of the Algarve, Estácio da Veiga counted with the collaboration of Ferraz de Macedo. The work of Estácio da Veiga portraits the knowledge at the beginnings of physical anthropology complemented by his strong critical and interdisciplinary vision.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherMuseo Municipal de Arqueologiapor
dc.rightsopenAccesspor
dc.titleEstácio da Veiga e os primórdios da Antropologia Físicapor
dc.typeconferenceObjectpor
degois.publication.firstPage239por
degois.publication.lastPage248por
degois.publication.issue7por
degois.publication.locationSilvespor
degois.publication.titleXelbpor
dc.peerreviewedYespor
uc.controloAutoridadeSim-
item.fulltextCom Texto completo-
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextopen-
crisitem.author.deptFaculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade de Coimbra-
crisitem.author.parentdeptUniversidade de Coimbra-
crisitem.author.researchunitResearch Centre for Anthropology and Health-
crisitem.author.orcid0000-0001-6073-1532-
Appears in Collections:I&D CIAS - Artigos e Resumos em Livros de Actas
FCTUC Ciências da Vida - Artigos em Livros de Actas
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Estácio da Veiga e os primórdios da Antropologia Física.pdf362.76 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

163
checked on Mar 31, 2020

Download(s) 50

378
checked on Mar 31, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.