Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/14508
Title: Qualidade de vida e saúde mental de crianças e adolescentes com epilepsia e dos seus cuidadores familiares: Estudo com a versão portuguesa do DISABKIDS-37
Authors: Silva, Neuza 
Orientador: Canavarro, Maria Cristina
Keywords: Qualidade de vida; Saúde mental; Crianças; Adolescentes; Cuidadores familiares; Epilepsia
Issue Date: 8-Feb-2011
Abstract: A definição de saúde da Organização Mundial de Saúde (O.M.S.) e o aumento da prevalência das doenças crónicas contribuíram para a inclusão da avaliação da qualidade de vida relacionada com a saúde (QdVRS), em contextos de investigação, clínicos e de saúde pública. A avaliação da QdVRS das crianças implica desafios adicionais, conciliados nos instrumentos DISABKIDS, transculturais e desenvolvimentalmente adaptados. Os objectivos propostos para este estudo foram testar o desempenho do DISABKIDS-37 numa amostra de crianças e adolescentes portugueses com epilepsia, e caracterizar a QdVRS e a saúde mental destas crianças e adolescentes e dos seus pais ou outros cuidadores familiares. A amostra foi constituída por 25 crianças e adolescentes com epilepsia, entre os 8 e os 18 anos, e respectivos cuidadores e, como grupo de referência, 32 crianças e adolescentes com asma, e seus cuidadores. O DISABKIDS-37 revelou boas propriedades psicométricas em termos de precisão e validade na nossa amostra. As crianças com epilepsia apresentaram menor QdVRS e mais sintomatologia psicopatológica do que crianças com asma. Variáveis sociodemográficas e clínicas, assim como presença de sintomatologia psicopatológica clinicamente significativa, emergiram como factores de variabilidade da QdVRS das crianças. Os familiares revelaram menor QdV do que a população em geral, mas não foram encontradas diferenças entre cuidadores de crianças com epilepsia ou asma. Foram ainda evidenciadas correlações significativas entre a QdVRS e a psicopatologia das crianças e a QdV e saúde mental dos seus familiares. Estes resultados são um contributo relevante para a validação do DISABKIDS-37 para a população portuguesa e têm implicações na gestão da epilepsia, incentivando uma intervenção multidisciplinar e ecológica.
URI: http://hdl.handle.net/10316/14508
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Show full item record

Page view(s) 50

263
checked on Oct 2, 2019

Download(s) 50

256
checked on Oct 2, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.