Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/12691
Title: Efeitos na qualidade de vida da Associação da Acupunctura ao tratamento conservador da lombalgia inespecífica crónica
Authors: Figueiredo, Fabíola Maria de Almeida 
Orientador: Viana, Joaquim
Keywords: Lombalgia; Acupunctura; Qualidade de vida
Issue Date: 2008
Citation: FIGUEIREDO, Fabíola Maria de Almeida - Efeitos na qualidade de vida da Associação da Acupunctura ao tratamento conservador da lombalgia inespecífica crónica. Coimbra : [s.n.], 2008
Abstract: Introdução: A dor lombar, nomeadamente a lombalgia inespecífica crónica, apresenta elevados índices de prevalência, sendo uma das causas mais comuns de atendimento médico. Constituindo uma das principais causas de limitação da actividade física e da qualidade de vida das pessoas em idade activa, tem importantes reflexos no absentismo e na diminuição de produtividade. Objectivos: Comparar doentes tratados com acupunctura associada a tratamento conservador com doentes tratados em Centros de Saúde exclusivamente com tratamento conservador, no que respeita à evolução do nível de dor, da incapacidade funcional e globalmente na qualidade de vida (QDV). Tipo de estudo: Estudo observacional, controlado, não randomizado. Doentes: A amostra foi constituída por 60 indivíduos, 30 submetidos a acupunctura associada a tratamento conservador em consultórios (Grupo I) e 30 submetidos exclusivamente a tratamento conservador em Centros de Saúde (Grupo II, de controlo). Metodologia: Foram dois os momentos de avaliação: antes do início do tratamento e três meses depois, considerado como final do tratamento. Utilizaram-se como instrumentos de avaliação uma Escala Visual Análoga para Avaliação da Dor, o Índice de Oswestry sobre Incapacidade (versão 2.0), Questionário WHOQOL-BREF e o Questionário MOS-SF 36 (versão 2.0) para avaliação da QDV e ainda a Escala Visual Análoga para avaliação de outros parâmetros, entre os quais a Satisfação com o Tratamento e a Satisfação com a Relação com o Profissional de Saúde. Resultados: Os dois grupos não eram diferentes nos seus aspectos demográficos. Comparando os resultados do início e do final do estudo dentro de cada grupo, verificamos em ambos uma diminuição significativa da intensidade de dor, aumento da QDV e ainda uma melhoria significativa na capacidade funcional (embora o Grupo I apresentasse menor incapacidade funcional inicialmente). No final dos tratamentos, comparando os grupos entre si, não se verificaram diferenças estatisticamente significativas na intensidade da dor, incapacidade funcional, QDV e satisfação com o tratamento. Relativamente à relação do doente com o profissional de saúde, o Grupo I apresenta maior satisfação nessa relação. No que respeita ao absentismo laboral, os dois grupos apresentam um índice elevado. Conclusão: O nosso estudo não permitiu detectar dados estatisticamente significativos que traduzam vantagens na adição da acupunctura ao tratamento conservador excepto o facto de o doente considerar de maneira mais favorável a sua relação com o profissional de saúde. Contudo, as características do nosso estudo aconselhariam a que o assunto seja reavaliado num estudo randomizado, com ocultação e maior número de doentes.
Introduction: The high prevalence rate of back pain, especially chronic nonspecific low back pain, makes this condition one of the most common reasons for seeking medical help. It is also one of the major causes of physical limitation for working age people and results in absence from work and lowered productivity. Settings: To compare the evolution of pain levels, functional disability and global quality of life (QOF) in patients treated with acupuncture as complementary to conservative treatment and patients receiving only conservative treatment in National Health Centres. Type of study: Observational, controlled, non-randomized. Patients: The sample was made up of 60 individuals: 30 underwent conservative treatment as well as acupuncture treatment in private practices (Group I); 30 underwent only conservative treatment in National Health Centres (Group II or control group). Methodology: Patients were assessed at two different times: before treatment began and three months later (which was considered the end of treatment). The following questionnaires were used: the Visual Analogue Pain Assessment Scale, the Oswestry Disability Index 2.0, the WHOQOL-BREF instrument, and the MOS-SF 36 General Health Survey Questionnaire 2.0 to assess QOF. The Visual Analogue Scale was used to assess other parameters such as Satisfaction with Treatment and Satisfaction with Heath Care Professionals. Results: The two groups had the same demographic characteristics. A comparison of the results obtained within each group at the beginning and at the end of the study shows a marked decrease in pain intensity as well as significant improvement in quality of life and functional capacity (unless Group I had a lower degree of functional disability). However, a comparison between the two groups at the end of treatment did not reveal significant differences as to levels of pain, functional disability, QOL or satisfaction with treatment. Group I showed a higher degree of satisfaction with the relation between patient and health care professional. Absence from work is high in both groups. Conclusion: Our study was unable to detect any statistic significant data that shows advantages in the association of acupuncture to conservative treatment, exception to a more favourable relation among patients and health care professional. Nevertheless, this study shows the need for reassessment in a randomized, blind study involving a higher number of patients. Key words: acupuncture, conservative treatment, quality of life, pain, functional disability, absence from work.
Description: Dissertação de mestrado em Saúde Ocupacional, apresentada à Fac. de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/12691
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação de Fabíola Figueiredo.pdf957.69 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

432
checked on Oct 22, 2019

Download(s) 10

1,223
checked on Oct 22, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.