Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/11871
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPatrão, Afonso-
dc.date.accessioned2009-10-30T09:03:04Z-
dc.date.available2009-10-30T09:03:04Z-
dc.date.issued2009-07-
dc.identifier.citationRevista de Direito Público e Regulação, n.º 2 (Julho de 2009), pp. 27-40en_US
dc.identifier.issn1647-2306-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/11871-
dc.description.abstractO presente trabalho estuda o ónus que o Tribunal de Justiça faz recair sobre o lesado de provar a extensão do prejuízo infligido pela actuação da Comunidade Europeia, procurando indagar se a falta da sua prova pode conduzir à inadmissibilidade da acção.en_US
dc.language.isoporen_US
dc.publisherCEDIPREen_US
dc.rightsopenAccessen_US
dc.subjectDireito Comunitárioen_US
dc.subjectResponsabilidade Extracontratualen_US
dc.subjectComunidade Europeiaen_US
dc.subjectDanoen_US
dc.titleComentário ao Acórdão Centro Studi Antonio Manieri - A prova da extensão do dano e a admissibilidade da acção de responsabilidade extracontratual da Comunidade Europeiaen_US
dc.typearticleen_US
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextopen-
item.fulltextCom Texto completo-
Appears in Collections:FDUC- Artigos em Revistas Nacionais
Files in This Item:
File Description SizeFormat
3. Comentário Acórdão.pdf235.85 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

180
checked on Oct 16, 2019

Download(s) 20

497
checked on Oct 16, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.